Declaração de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral do PCP, Acção de Luta Nacional da CGTP-IN, Acção de Luta Nacional da CGTP-IN

«Os trabalhadores, os reformados, os jovens com vínculo precário, são os que mais sofrem com este Orçamento»

Os trabalhadores, os reformados, os jovens com vínculo precário, são os que mais sofrem com este Orçamento.
Este Orçamento não dá resposta a uma questão crucial hoje tendo em conta o aumento do custo de vida, tendo em conta as dificuldades em que as famílias e os trabalhadores se encontram, este Orçamento não dá resposta, particularmente à questão da valorização dos salários, da valorização das pensões e das reformas como condição urgente. Nem estamos a falar do problema estruturante, estamos a falar de um problema urgente, que infelizmente, tendo em conta aquilo que está a ser discutido e votado, não é um bom anúncio para os portugueses, na medida em que faltam as respostas necessárias para que hoje Portugal não corra o risco de retrocessos e de empobrecimento para largas camadas da população particularmente dos trabalhadores e reformados.

>
  • Trabalhadores
  • Central
  • OE2022