Posições Políticas

A síndroma e a sua causa - Artigo de João Amaral

22 de Janeiro de 2001

 

Há uma técnica usada pelos responsáveis da OTAN para enganar a opinião pública na questão do urânio empobrecido (UE), que se impõe desmascarar. Ainda agora foi usada por Javier Solana, o ex-secretário-geral da OTAN responsável pelas guerras nos Balcãs.

Sobre a questão dos Balcãs

É sem dúvida positivo e politicamente significativo que o Parlamento Europeu, naturalmente com os votos dos deputados do PCP, tenha proposto uma moratória sobre a utilização de armas com urânio empobrecido.

Uma evidente cegueira - Artigo de Jorge Cordeiro

18 de Janeiro de 2001

 

A propósito do urânio empobrecido - Artigo de Francisco Silva

18 de Janeiro de 2001

 

Síndroma dos Balcãs - Artigo de Domingos Lopes

18 de Janeiro de 2001

 

Comunicado do Comité Central do PCP, de 16 de Janeiro de 2001

O Comité Central do Partido Comunista Português reunido a 16 de Janeiro de 2001 procedeu à análise das eleições presidenciais, da situação política e social, e das tarefas decorrentes da situação actual visando potenciar e concretizar orientações e decisões do XVI Congresso designadamente no desenvolvimento da luta de massas e no reforço da intervenção, da organização e da iniciativa política

Efeitos colaterais? - Artigo de Anabela Fino

11 de Janeiro de 2001

 

Silêncio criminoso - Artigo do jornal «Avante!»

11 de Janeiro de 2001

 

Uma monstruosa mentira a esconder a incúria - Artigo do jornal «Avante!»

11 de Janeiro de 2001

 

A utilização de armas radioactivas no Iraque, Bósnia e Jugoslávia é um crime contra a humanidade, mas os países da NATO não assumem a responsabilidade.