Declaração de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral do PCP

Homenagem a Ferreira Soares

Uma vez mais aqui estamos a prestar a nossa homenagem ao camarada António Ferreira Soares, assassinado pela polícia fascista, fez agora 80 anos.

Ferreira Soares era um exemplo de coragem e dedicação à luta do nosso povo pela liberdade e a democracia, à nossa luta por um mundo melhor e mais justo.

Ferreira Soares foi um combatente íntegro, portador de uma admirável dimensão humana, conhecido entre o povo, como o médico dos pobres, sempre pronto e disponível para acudir a quem precisasse, fosse a que horas fosse e tivesse ou não tivesse dinheiro para pagar a consulta.

Evocar e homenagear o camarada Ferreira Soares, a sua postura de militante comunista, de activo resistente antifascista, para além de um acto da mais elementar justiça, é uma exigência tão mais importante quando, hoje, estamos confrontados com a necessidade de dar combate a projectos anti-democráticos que ostensivamente emergem na realidade nacional e europeia, assentes numa continuada ofensiva ideológica, com forte pendor anticomunista.

>
  • PCP
  • Central
  • antifascismo
  • Fascismo
  • Ferreira Soares
  • mártires
  • MUNAF
  • PIDE