Intervenção de Lina Maltez , Membro da Comissão Concelhia de Montemor-o-Novo, XXI Congresso do PCP

Movimento de utentes e a luta das populações no Distrito de Évora

Ver vídeo

''

Camaradas,
No distrito de Évora é já longa a história da luta das populações que se têm vindo a organizar em diversas Comissões de utentes, mobilizando para lutas importantes, com grande reconhecimento por parte da população e muitas vezes dos próprios profissionais e autarcas que não raras vezes, e mesmo ligados a outras forças políticas, não hesitam em nos contactar a nós, comunistas nas comissões de utentes, para pedir ajuda na solução de um problema concreto no seu serviço ou na sua freguesia.

No Distrito de Évora nestes últimos quatro anos vários foram os Serviços Públicos ameaçados e várias as lutas travadas pela População.

Destaquemos as acções de luta contra o encerramento dos CTT, as quais envolveram centenas de pessoas, e que foi determinante para que se reabram hoje algumas estações como em Arraiolos ou Viana do Alentejo

Importa também frisar a luta pela manutenção dos comboios inter-regionais que nos foram retirados, pela escola pública, pela salvaguarda dos postos da GNR nas freguesias rurais ou ainda contra os efeitos da municipalização de sectores universais que está em marcha.

Destacamos a luta em defesa do SNS, onde temos exemplos concretos de que lutar vale a pena:

No final de 2019 foi a luta que garantiu a regularização do serviço de Cuidados Continuados Domiciliários em Montemor-o-Novo, serviço crucial de onde tinham sido retirados enfermeiros, com a consequente diminuição de vagas aos utentes.

A defesa das extensões de saúde nas freguesias rurais impedindo o seu encerramento e já em 2020, a pretexto da epidemia, pela reabertura das muitas que por todo distrito fecharam, deixando milhares de utentes sem qualquer tipo de cuidados primários de saúde.

Destaque merece também a recolha de assinaturas feita em outubro último em defesa da urgência pediátrica, no hospital central de Évora que se vê ameaçada por falta de pediatras.

Destacar ainda a recente adjudicação da obra do novo Hospital Publico Central do Alentejo, só possível pela luta de mais de 20 deste grande Partido sempre com as populações.

Consideramos que os Movimentos de Utentes com o seu trabalho, com as lutas travadas, ganharam o prestigio e reconhecimento popular. Devemos trabalhar para estar mais junto das populações e dos seus problemas concretos. É nesse sentido que vamos continuar a trabalhar, porque será com as populações mobilizadas que conseguiremos inverter a politica de direita que destrói as conquistas de Abril.

Viva a luta das populações, dos trabalhadores e do povo!
Viva o Partido Comunista Português!

>
  • Intervenções
  • XXI Congresso
  • Central