Intervenção de Sandra Pereira no Parlamento Europeu

Solidariedade com Assange

No seguimento da decisão do tribunal de extradição para os EUA, e do posterior assentimento da secretária Priti Patel, na passada sexta-feira, Julian Assange apresentou recurso junto do Supremo Tribunal, contra a sua ordem de extradição.
Ontem, no dia em que completou 51 anos - os dez últimos em cativeiro -, houve expressões de solidariedade, um pouco por todo o mundo, incluindo em Lisboa, onde estivemos, apelando uma vez mais à libertação de Assange, denunciando e rejeitando uma decisão que visa impor uma inaceitável pressão para condicionar a divulgação de informação de interesse público.
Não podemos deixar de notar o silêncio das instituições da União Europeia, por contraste com outras situações, sobre este caso e da revelação de informações, entre outros, sobre a guerra no Iraque e no Afeganistão, expondo violações do direito internacional, entre as quais crimes de guerra.

Expressando solidariedade com Julian Assange, continuaremos a exigir:
-a recusa da sua extradição e a anulação das acusações contra Assange
- a sua imediata libertação!

>
  • União Europeia
  • Intervenções
  • Parlamento Europeu