Intervenção de

Sobre a suspens?o da acredita??o do Laborat?rio de an?lises ao doping e bioquimica de Lisboa<br />Interven??o do deputado Bernardino Soares

Senhor Presidente, Senhores Deputados: A quest?o que hoje aqui discutimos exemplifica bem a falta de vontade e capacidade deste Governo para atacar os verdadeiros problemas do desporto nacional em contraste com o af? com que normalmente procede no que ao futebol profissional diz respeito, em preju?zo de tudo o resto. Assim, e analisando apenas as propostas de lei que o Governo enviou ? Assembleia nesta Legislatura verificamos que quase todas est?o relacionadas com o futebol profissional, quanto muito ao desporto profissional, embora por vezes enfeitados com alguns ornamentos. Na realidade, o problema que hoje aqui analisamos e que motivou este debate de urg?ncia vem j? do tempo dos Governos do PSD. Mas ao inv?s de servir de atenuante, esta circunst?ncia s? agrava a responsabilidade do actual Governo. Impunha-se que tivessem sido tomadas medidas para resolver atempadamente os problemas de equipamentos e recursos humanos qualificados que estiveram na base desta decis?o do Comit? Ol?mpico Internacional. No meio das v?rias remodela??es e reestrutura??es que fez na ?rea do desporto, bem poderia ter o Governo encontrado espa?o para resolver tamb?m o problema do controlo anti-doping. Houve tempo para dividir o INDESP em tr?s organismos e rever toda a org?nica funcional e or?amental dos servi?os p?blicos que operam na ?rea desportiva. Mas n?o houve para resolver o problema, reconhecido e recenseado, do laborat?rio de an?lises ao doping de Lisboa. A situa??o em que nos encontramos tem desde logo uma marca de desprest?gio internacional que atinge todo o desporto nacional. Mas ? mais do que isso; a altera??o da acredita??o do nosso laborat?rio p?em em causa o cumprimento cabal da fun??o de controlo anti-doping no nosso pa?s e nas nossas competi??es desportivas. Equivale isto a dizer que o que est? em causa afinal ? tamb?m a garantia da verdade do fen?meno desportivo portugu?s que sai atingida de todo este processo. Disse.

>
  • Assuntos e Sectores Sociais
  • Assembleia da República
  • Intervenções