Voto

Saudação no Dia Mundial do Idoso

Saudação no Dia Mundial do Idoso

São hoje mais de 1,5 milhões os idosos portugueses, constituindo uma faixa cada vez mais importante da população. Durante toda a sua vida contribuíram para o desenvolvimento e o progresso da nossa sociedade, tantas vezes em condições difíceis.

Apesar disso é entre os idosos que encontramos grande parte das situações sociais mais degradadas. A falta de condições de habitação, as dificuldades no acesso à saúde, o isolamento e a solidão por falta de estruturas de convívio e participação e sobretudo as baixíssimas pensões que auferem a maioria dos reformados são causas directas da situação de pobreza que atinge os idosos portugueses.

Os idosos deste país continuam em grande número a receber pensões mínimas que chegam a ser de 21 000 ou 30 000 escudos atirando-os em cada vez maior número e sem contemplações para a exclusão social e para uma vida abaixo dos limites de pobreza.

Na data em que se comemora o DIA MUNDIAL DO IDOSO a Assembleia da República:

- saúda todos os idosos portugueses manifestando-lhes a sua mais viva solidariedade;

- reitera a necessidade de se actualizarem rapidamente as pensões de reforma, nomeadamente as mais degradadas;

- reafirma a urgência de se eliminarem os obstáculos que os idosos enfrentam no acesso aos cuidados médicos e medicamentosos;

- salienta a importância de uma política de verdadeira inserção social, no âmbito do acesso à cultura, ao desporto, ao lazer e ao convívio para que se aproveite a energia e a riqueza dos idosos;

- Encarrega o seu Presidente de transmitir este voto ao Governo e às organizações representativas dos reformados, pensionistas e idosos.

>
  • Assuntos e Sectores Sociais
  • Assembleia da República
  • Votos