Declaração de voto de Ilda Figueiredo no Parlamento Europeu

Relatório Maaten sobre Fabrico, apresentação e venda de produtos de tabaco - Declaração de voto de Ilda Figueiredo no PE

O debate e votação deste relatório demonstrou uma profunda divisão
dos deputados. Pela nossa parte, apoiámos as propostas que visando
defender a saúde dos consumidores, não punham em causa a possibilidade
dos agricultores europeus continuarem a produzir tabaco nem a indústria
europeia de prosseguir o fabrico, dado que, como não são proibidas as
importações, quem ganharia com a diminuição da produção e fabrico de
tabaco na Europa, seriam as multinacionais americanas . Desse modo,
votámos favoravelmente a manutenção da ajuda directa ao rendimento no
sector da produção do tabaco dentro da União Europeia, garantindo um
maior cumprimento da preferência comunitária, a fim de diminuir a
quota-parte das empresas multinacionais americanas no mercado de
consumo de tabaco e defender os interesses dos agricultores
portugueses. Também apresentámos uma proposta que visa a defesa da
marca portuguesa "português suave", pois consideramos que não há
qualquer razão para a pôr em causa.

>
  • Saúde
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu