Declaração de voto de João Ferreira no Parlamento Europeu

Medidas para fazer face à epidemia de diabetes na UE

A diabetes é a mais comum das doenças não transmissíveis, afectando, segundo as estimativas, mais de 32 milhões de pessoas na União Europeia, sendo a tendência para aumentar cerca de 16,6% até 2030, consequência da epidemia de obesidade e do envelhecimento das populações.

Esta resolução avança com dados importantes na caracterização da realidade desta doença na UE, e aponta caminhos com os quais estamos de acordo, nomeadamente no que respeita à prevenção a diversos níveis, à melhoria e promoção da investigação e à recolha de dados sobre a diabetes.

Contudo, consideramos necessário defender, neste quadro, a importância dos serviços públicos de saúde, em especial ao nível dos cuidados primários, no combate e prevenção desta, como de muitas outras doenças - o que a resolução, lamentavelmente, não faz, como se exigia.

A resolução considera a necessidade de recolher "dados económicos baseados nos custos directos e indirectos da prevenção e gestão" da doença, abordagem que, no quadro concreto conhecido de avanço das pressões privatizadoras na área da saúde, não pode deixar de suscitar alguma inquietação.

>
  • Saúde
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu