Pergunta Escrita à Comissão Europeia de João Ferreira no Parlamento Europeu

Incidência, prevenção e tratamento da tuberculose

De acordo com dados divulgados, no passado mês de Março, pela Organização Mundial de Saúde, pelo menos 200 crianças morrem diariamente vítimas de tuberculose. Ainda segundo a OMS, a falta de acesso a serviços de saúde por parte de milhões de seres humanos e a pobreza associada à desnutrição estão na base da prevalência dramática da doença, sendo que a sua prevenção e tratamento não custam mais do que 30 cêntimos por dia.

Em 2010, foram detectados 9,5 milhões de novos casos de tuberculose, tendo morrido, nesse mesmo ano, 1,7 milhões de seres humanos.

O aumento da mobilidade global associada às causas acima referidas faz com que a tuberculose, que se julgava praticamente erradicada nos chamados países do terceiro mundo, tenha voltado a manifestar-se significativamente nas nações ditas desenvolvidas.

Em aditamento à pergunta anteriormente feita sobre o Fundo Mundial de luta contra o VIH/SIDA, a tuberculose e o paludismo (GFATM) (E-010190/2011) e à resposta dada pela Comissão, solicito à Comissão que me informe sobre o seguinte:
1. Dispõe de informação relativa à incidência da tuberculose nos 27 Estados-Membros e à mortalidade associada?
2. Que apoios têm sido dirigidos à prevenção e tratamento da tuberculose, na UE e nos países em desenvolvimento (para além das verbas destinadas ao GFATM)?

>
  • Saúde
  • Perguntas
  • Parlamento Europeu