Declaração de voto de João Ferreira no Parlamento Europeu

Estratégia da UE sobre a Biodiversidade até 2020

Este relatório foi melhorado, face à sua versão inicial. Congratulamo-nos com o facto de várias das emendas por nós propostas na Comissão de Ambiente terem sido aprovadas. São exemplos, as emendas relativas: a questões de financiamento, nomeadamente do programa LIFE; às espécies exóticas invasoras; ao estudo do impacto dos agro-combustíveis; à redução da diversidade de espécies cultivadas; ou a algumas limitações e distorções da proposta de "greening" da Comissão Europeia para a próxima PAC.
Todavia, outras emendas importantes que propusemos foram rejeitadas, o que lamentamos. Como consequência, o relatório mantém, por um lado, algumas omissões graves e, por outro lado, apreciações e orientações que não partilhamos - como as relativas às propostas da Comissão Europeia para as reformas da Política Agrícola Comum e da Política Comum de Pescas (saudando ambas), ou ainda toda a vertente relativa ao chamado "business and biodiversity".

Salientamos as emendas relativas ao financiamento da Rede Natura 2000, à crítica das políticas agrícolas e comerciais vigentes e á necessidade da sua alteração profunda, à política de pescas (gestão de proximidade, mais meios para a aquisição de dados), ao acompanhamento da implementação da estratégia, entre outras.

Não basta definir metas ambiciosas, é preciso cuidar dos meios para as alcançar. O relatório tem falhas a este nível.

>
  • Ambiente
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu