Intervenção de João Ferreira no Parlamento Europeu

Dois apontamentos sobre dois assuntos que serão debatidos pelo Conselho Europeu.

Dois apontamentos sobre dois assuntos que serão debatidos pelo Conselho Europeu.

Quanto à recuperação económica. A pouco e pouco, vai-se destapando o véu da condicionalidade associada ao Mecanismo de Recuperação e Resiliência. Um cardápio à moda da troika, que (ao que se diz) vai das proverbiais “reformas estruturais” às pressões ilegítimas em matéria de legislação laboral, pensões, segurança social, serviços públicos, incluindo de saúde.

Senhor comissário, queremos saber tudo. Que contrapartidas estão a ser impostas aos Estados-Membros, seja pela Comissão Europeia, seja pelos falcões do Conselho Europeu?

Sabemos que, quando se trata de aumentar a exploração e atacar serviços públicos, uma e outros são normalmente muito pouco frugais.

Quanto à Covid-19, a evolução recente da situação demonstra a importância de se avançar mais rapidamente na vacinação. É cada vez mais insustentável a recusa da União Europeia em levantar as patentes das vacinas e garantir a partilha do conhecimento, assim pondo a defesa obstinada dos lucros dos consórcios multinacionais farmacêuticos à frente da saúde e da vida das pessoas.

>
  • União Europeia
  • Intervenções
  • Parlamento Europeu