Nota do Gabinete de Imprensa dos Deputados do PCP ao PE

Deputados do PCP no Parlamento Europeu saúdam o reconhecimento do cante alentejano como Património Cultural da Humanidade

Deputados do PCP no Parlamento Europeu saúdam o reconhecimento do cante alentejano como Património Cultural da Humanidade

Os deputados do PCP no Parlamento Europeu saúdam a decisão do Comité Internacional da UNESCO de inscrever o cante alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Felicitam todos os que, com o seu trabalho, saber e dedicação, tornaram possível a
concretização deste objectivo: o povo de cujo trabalho, vida e luta nasceu como impressiva expressão cultural, os cantadores alentejanos, os seus grupos corais, as colectividades e os seus activistas, que têm preservado e dignificado o cante alentejano, bem como as muitas personalidades e entidades, muito especialmente do poder local, que promoveram esta candidatura.

Os deputados do PCP no Parlamento Europeu, dando expressão no Parlamento Europeu ao empenho do PCP desde a primeira hora neste objectivo agora alcançado, também se envolveram na promoção desta candidatura, convidando o Grupo de Cante Alentejano Grupo Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento a deslocar-se ao Parlamento Europeu em Fevereiro deste ano, tendo reunido com a Comissão da Cultura e Educação e actuado no Parlamento Europeu, contribuindo assim para a visibilidade e apoio internacional à candidatura.

Num momento em que a cultura e a actividade criadora do Povo português é mais uma vez um importante veículo de afirmação e prestígio de Portugal na Europa e no Mundo, os deputados do PCP reafirmam o seu compromisso de defesa da cultura e língua portuguesas, elementos centrais da soberania e independência nacionais que tão atacadas têm sido pelas políticas da União Europeia.

>
  • Cultura
  • Notas de Imprensa
  • Parlamento Europeu
  • Cante Alentejano