Pergunta Escrita à Comissão Europeia de João Ferreira no Parlamento Europeu

Degradação da prestação de cuidados de saúde em Portugal - Situação dos hemofilicos

A Associação Portuguesa de Hemofilia (APH) acusou os hospitais de reduzirem a dosagem dos medicamentos e obrigarem os doentes a deslocarem-se mais vezes para recolher a medicação. Segundo esta associação, as administrações hospitalares estão a limitar a distribuição da medicação, obrigando os utentes a deslocações mais frequentes às unidades de saúde, o que afecta particularmente as pessoas que moram longe dos hospitais centrais de Lisboa, Porto e Coimbra, os únicos que fornecem os medicamente necessários.
A APH denuncia ainda a redução das dosagens por razões orçamentais, o que comporta riscos para o doente, já que aumenta o perigo de hemorragias, como já se verificou com crianças.

Sendo esta situação mais um exemplo da degradação do Serviço Nacional de Saúde e dos cuidados de saúde prestados aos portugueses, resultantes da aplicação do programa UE-FMI, solicito à Comissão Europeia que me informe sobre o seguinte:
1. Está disponível para propor uma rápida alteração das políticas da UE de modo a evitar uma ainda maior deterioração da saúde dos portugueses e dos serviços de saúde?
2. Tem conhecimento e tem em conta situações como a descrita quando realiza as chamadas avaliações ao cumprimento do programa UE-FMI?

>
  • Saúde
  • Perguntas
  • Parlamento Europeu