Declaração de voto de João Ferreira no Parlamento Europeu

Ameaça à saúde pública decorrente da resistência antimicrobiana

É sem dúvida preocupante a utilização generalizada de antibióticos e o aumento de resistências a agentes antimicrobianos. Este é um eminente problema de saúde pública para o qual alerta esta resolução, que apoiámos, apelando a uma maior prudência e vigilância e avançando com a necessidade de mais investigação para o desenvolvimento de novas alternativas e de novos agentes antimicrobianos. Mas mais do que desenvolver novos agentes, importa compreender e atacar as causas do desenvolvimento destas resistências, também abordadas na resolução, para além de dar resposta à falta de informação generalizada nesta matéria.

Consideramos importante informar e sensibilizar as populações sobre os efeitos dos antibióticos e as suas aplicações tal como referido na resolução, mas também é necessário um efectivo investimento na prevenção e nos cuidados de saúde primários, hoje sob violento ataque e em acelerado processo de desvalorização, com as políticas que têm levado ao desinvestimento e à desresponsabilização do Estados pelos serviços públicos de saúde.

É também fundamental uma alteração profunda nos modos de produção agro-pecuária, combatendo a produção intensiva com elevada incorporação de agro-químicos, incluindo também agentes antimicrobianos, práticas responsáveis pelo avolumar dos problemas associados à resistência aos antibióticos. Lamentamos a aprovação das alterações propostas pelo PPE, que enfraqueceram a resolução neste domínio.

>
  • Saúde
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu