300 militantes e simpatizantes da CDU no Jantar/Comício da CDU na ilha da Madeira

300 militantes e simpatizantes da CDU no Jantar/Comício da CDU na ilha da Madeira

A CDU realizou um jantar-comício com apoiantes no concelho da Ribeira Brava, ilha da Madeira. A iniciativa contou com as intervenções de Jerónimo de Sousa, de Edgar Silva e da primeira candidata pelo círculo da Madeira às eleições legislativas de 30 de Janeiro, Herlanda Amado.

Falando para os cerca de 300 militantes e simpatizantes da CDU que encheram o restaurante da Estalagem da Encumeada, Jerónimo de Sousa declarou que "honramos a nossa palavra e honramos o compromisso com quem trabalha ou com quem trabalhou e é neste quadro que nos vamos apresentar às eleições do dia 30 de Janeiro", sublinhando a necessidade de "reforçar a CDU".

"O PS estava condicionado pelas suas próprias opções políticas, um PS amarrado à União Europeia, amarrado às decisões do grande capital, amarrado aos seus próprios auto-condicionalismos, não dando resposta às questões relacionadas com os trabalhadores, particularmente em relação à legislação laboral" e por isso "quer ter uma maioria absoluta para fugir de responder aos problemas, quer ter as mãos livres para fazer e realizar a política de direita, para se livrar da acção do PCP", afirmou Jerónimo de Sousa.

>
  • Central
  • CDU
  • eleições legislativas 2022