Intervenção de Sandra Pereira no Parlamento Europeu

25.º aniversário da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD25) – Cimeira de Nairobi

Na Cimeira de Nairobi foram traçadas novas estratégias para atingir metas concretas até 2030: eliminar as necessidades não atendidas no planeamento familiar; acabar com a morte materna que pode ser evitada; assim como a violência e outras práticas prejudiciais contra mulheres e raparigas.

Reconhecemos o progresso alcançado em áreas específicas, como aumento da disponibilidade de contraceptivos ou redução da mortalidade materna e neonatal, mas são necessários esforços e medidas concretas para atingir os objectivos do Programa.

É, pois, necessário garantir:
o direito à saúde sexual e reprodutiva,
a plena acessibilidade à IVG,
a liberdade de escolha da mulher ao método contracetivo,
mais educação sexual
mais campanhas de informação e sensibilização das mulheres sobre os direitos na saúde sexual e reprodutiva,
a formação contínua dos técnicos na área do planeamento familiar.
E, claro, o reforço dos serviços públicos de saúde que garantam a universalidade destes direitos.

Está na altura de garantirmos que estes compromissos políticos se concretizam para todas as mulheres, raparigas e jovens.

>
  • União Europeia
  • Intervenções
  • Parlamento Europeu