Valeu a pena lutar - Vigilantes da Securitas no Ministério do Trabalho, mantiveram o seu posto de trabalho

Foi travado o despedimento encapotado ou transmissão de estabelecimento fraudulenta, que se preparava para deixar no limbo mais 10 vigilantes da Securitas que trabalham no ministério das finanças. Devido à união e luta destes trabalhadores, demonstrada desde o primeiro momento, resistiram a esta injustiça apresentando-se todos os dias ao serviço; chamaram a atenção da comunicação social; pediram a intervenção do sindicato e da ACT, e que tiveram o apoio nomeadamente do PCP para denunciar junto da Assembleia da República esta grave injustiça. Venceram e vão voltar a apresentar-se ao serviço como Securitas. Que sirva de exemplo aos vigilantes, a impunidade destes patrões têm de acabar. A Luta continua!