Saudação aos trabalhadores da Sumol+Compal

A LUTA É O CAMINHO!
 
 
O Partido Comunista Português saúda a luta dos trabalhadores da Sumol+Compal que estiveram em luta no dia 29 de Agosto. Uma muito alta percentagem dos trabalhadores desta empresa cumpriram a greve marcada nas unidades de Leiria, Pombal e Almeirim.
A justa luta dos trabalhadores assenta na reivindicação da actualização dos salários da empresa, que em muitas situações não cumpre sequer a obrigatoriedade de pagar o salário mínimo nacional, ao mesmo tempo que regista dezenas de milhões de Euros de lucros ao ano.
Os trabalhadores da Sumol Compal reivindicam ainda o fim das enormes diferenças salariais - que chegam a rondar os 300 Euros para iguais funções e responsabilidades – exigindo que a Administração aceite negociar a Carta Reivindicativa.
No conjunto das reivindicações está também o cumprimento da lei em matéria de horário de trabalho, melhoria das condições de trabalho, e outros direitos, que apesar de consagrados legalmente, a empresa teima em não respeitar.
Uma delegação do PCP composta por Ângelo Alves, membro da Comissão Política do Comité Central e por Fernando Domingues, candidato da CDU à Câmara Municipal de Leiria, esteve presente e transmitiu a solidariedade do PCP aos trabalhadores concentrados à porta da empresa. A Concentração dos trabalhadores contou ainda com a presença e intervenção do Secretário Geral da CGTP/IN, Arménio Carlos.
A Direcção da Organização Regional de Leiria do PCP saúda a luta os trabalhadores da Sumol+Compal e a sua determinação em avançar unidos para a Greve num quadro de chantagens e repressão pela Administração
Marinha Grande, 30 Agosto de 2017
O Gabinete de Imprensa da DORLEI