Intervenção de Julião Mateus Paulo "Dino Matrosse", Membro do Bureau Político e Secretário para a Organização e Quadros do MPLA, XV Congresso do PCP

Saudação do MPLA

É com a maior satisfação que participamos, em representação do MPLA, neste XV Congresso do Partido Comunista Português. Nesta ocasião, permitam-nos em nome dos dirigentes e militantes do MPLA, saudar calorosamente os dirigentes e militantes do Partido Comunista Português, bem como os participantes a este importante evento.

Apraz-nos, igualmente, exprimir os nossos sinceros agradecimentos pelo convite endereçado à direcção do MPLA para estarmos presentes neste congresso e pela fraternal hospitalidade que nos foi reservada desde a nossa chegada à bela e invicta cidade do Porto.

Ao olhar para esta massa humana que enche esta sala, no seu fervor e na sua disciplina, nesta fraternal comunhão, permitam-nos recordar os fraternos laços de amizade, de camaradagem e de entre-ajuda que se estabeleceram entre os militantes do MPLA e do PCP, desde o período da luta clandestina, de ambas partes, onde as dificuldades e sofrimentos de toda a ordem e a permanente vigilância constituíam o dia a dia de cada um dos seus militantes.

Seja-nos permitido render a mais profunda homenagem ao grande timoneiro camarada Álvaro Cunhal e aos companheiros de então, pela excepcional herança de valores morais que souberam legar aos actuais e dignos continuadores e que hoje aqui se encontram reunidos.

É nossa convicção que os diversos e importantes temas a serem debatidos no decurso do Congresso, ajudarão a direcção do Partido e os seus órgãos a posicionar o Partido no contexto das novas realidades da sociedade portuguesa.

Através desta nossa participação neste Congresso, entendemos igualmente testemunhar-vos o propósito da direcção do MPLA de contribuir para um progressivo e amistoso estreitamento das relações bilaterais e uma consequente cooperação nos domínios de interesses mútuo.

Neste preciso momento, o nosso Partido está seriamente engajado nas comemorações do 40º aniversário da sua fundação e na preparação da sua II Conferência Nacional na qual serão debatidos diversos temas relativos à redinamização da vida do Partido, à readequação das suas estruturas e à consolidação do processo da paz e da democracia pluralista.

Finalmente, exprimimos os nossos melhores votos de grande sucesso às deliberações e conclusões deste XV Congresso.

A luta continua!

A vitória é certa!

>
  • Relações Bilaterais
  • Álvaro Cunhal
  • Angola
  • MPLA

Partilhar