Declaração de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral, Acção de valorização da proposta do PCP de alargamento do Passe Social

Um Passe Social Intermodal com todos os operadores, todas as Carreiras e toda a Área Metropolitana de Lisboa

Ver vídeo

''

O Secretário-Geral do PCP participou numa acção de valorização da proposta de criação do passe social intermodal e percorreu a ligação entre margem sul do Tejo e a estação de Sete Rios a bordo do comboio da Fertagus.

Jerónimo de Sousa considerou que é "fundamental a articulação e um sistema combinado onde o passe social intermodal permitisse evitar a situação em que, por exemplo, para um passe na Fertagus são precisos quase 70 euros", criticou o facto de "a partir de certa hora, as pessoas não se podem deslocar" e sublinhou que a proposta do PCP que torna o serviço mais barato permitindo o aumento do numero de utentes e "isso levaria as pessoas a abdicarem do transporte individual".

O PCP lançou uma campanha metropolitana pelo alargamento do Passe Social Intermodal, assente na ideia: «Um Passe Social Intermodal, Todos os operadores, Todas as Carreiras e Toda a Área Metropolitana de Lisboa». No comunicado à população que se está a distribuir, sublinha-se a necessidade de fazer do aumento de utentes o objectivo central do sistema de transportes públicos, rompendo com um caminho, desastroso, de aposta na mercantilização do transporte público.

>
  • Economia e Aparelho Produtivo
  • Central
  • Área Metropolitana de Lisboa
  • transportes públicos

Partilhar