Comunicado da Comissão Política do Comité Central do PCP

Sobre a situação no Médio Oriente

O PCP acompanha com particular preocupação o agravamento da situação no Médio Oriente face à escalada de guerra desencadeada nos últimos dias por Israel.

Condenando firmemente os atentados terroristas que, no passado fim de semana, abalaram Israel, o PCP considera que tais atentados só servem os objectivos das forças que os seus autores dizem combater.A brutal ofensiva militar desencadeada por Israel, país que diariamente viola inúmeras resoluções da ONU, atacando a Autoridade Palestiniana e declarando guerra ao seu Presidente, constitui uma nova escalada no conflito que pode conduzir a região à guerra.

O problema israelo-palestiniano resulta em linha recta do incumprimento por Israel das resoluções da ONU 242 e 338, entre outras e do seu não reconhecimento do Estado Palestiniano livre e independente, com capital em Jerusalém Leste e da constante protecção que Israel tem encontrado nas diversas Administrações dos EUA.

É, por isso, necessário parar este brutal ataque contra os Acordos de Oslo e contra a Autoridade Palestiniana e o povo palestiniano.

Cabe ao governo português exigir que Israel pare esta escalada militar e intervir junto da U.E. para que esta se movimente no mesmo sentido.Manifestando a sua solidariedade à justa causa de libertação nacional do povo palestiniano, o PCP continuará a lutar pelo fim da escalada em curso e para que seja reconhecido ao povo palestiniano o direito ao seu Estado independente.

>
  • Soberania, Política Externa e Defesa
  • Central
  • Declarações e Comunicados do PCP
  • Israel
  • Médio Oriente
  • palestina

Partilhar