Declaração de voto de João Pimenta Lopes no Parlamento Europeu

Sobre a Situação no Afeganistão

O que se passa no Afeganistão, desde há vários anos, continua a ser muito preocupante e o mundo não deve esquecer que este povo continua a sofrer as consequências de guerras desencadeadas por quem privilegia os seus interesses económicos e geoestratégicos e não a paz.

Agora, novamente com o pretexto do aumento da pressão terrorista no país, os EUA e a NATO com o apoio da União Europeia pretendem aumentar os seus contingentes militares no Afeganistão. Os EUA vão enviar 4000 novos soldados que se juntarão ao contingente existente de 8400 e a Missão da NATO aumentará o seu contingente de 13000 para 16000.

Condenamos o aumento da presença militar dos EUA e da NATO no Afeganistão que ao invés de contribuir para a estabilidade e a paz no Afeganistão apenas servirá para trazer mais sofrimento e morte ao povo afegão.

Sublinhamos uma vez mais que o que hoje se passa no Afeganistão, aliás, tal como noutros países do Médio Oriente, é a demonstração clara do erro total do recurso à guerra. Os EUA, a UE e a NATO deviam ser condenados pela situação inadmissível que se vive nestes países e pelo imenso sofrimento da maioria dos seus povos.

Votámos contra.

>
  • União Europeia
  • Declarações de Voto
  • Parlamento Europeu

Partilhar