Intervenção de João Pimenta Lopes no Parlamento Europeu

Sobre a situação na Venezuela

A sanha que este Parlamento destila à Revolução Bolivariana, aqui faz trazer, de novo, a Venezuela.
De forma irresponsável e sem legitimidade de qualquer ordem, massacram a realidade, moldando-a aos vossos interesses. Alimentam a desestabilização do país em prejuízo do povo Venezuelano e das comunidades de emigrantes, como a Portuguesa, que ali reside. Falam numa crise humanitária que organizações como a ONU, a CEPAL ou a FAO rejeitam. Falam de violência, omitindo a brutalidade das acções de uma oposição que aqui laurearam, responsável pela morte de dezenas de pessoas.
Clamam por diálogo, mas com a postura neocolonialista de permanente apelo à ingerência e agressão a um país soberano, prática comum nesta casa, ignoram e comprometem o processo de diálogo em curso na Republica Dominicana que pode lograr acordo.
Usam a velha máxima de que uma mentira repetida muitas vezes se torna verdade.
Mas a verdade, essa não poderão mudá-la, a verdade que o povo Venezuelano afirmou claramente nos três últimos actos eleitorais, de apoio à Revolução Bolivariana!

>
  • União Europeia
  • Intervenções
  • Parlamento Europeu

Partilhar