Intervenção de Carla Cruz na Assembleia de República

Sobre a proposta para a isenção de taxas moderadoras para os doentes crónicos

Sr. Presidente.
Srs. Deputados
Srs. Membros do Governo

O PCP requer a avocação a plenário da sua proposta sobre alteração ao regime das taxas moderadoras.

Pese embora nestes dois anos terem sido dados passos no sentido da redução das taxas moderadoras e do alargamento das isenções, o PCP entende quer era preciso ir mais longe, designadamente repondo o regime de isenção dos doentes crónicos que existia antes das alterações introduzidas pelo governo PSD/CDS. Ou seja, um regime de isenção centrado no doente e não na doença.

Porque as doenças crónicas tornam o doente mais susceptível de desenvolver outras doenças, o PCP considera que só isentando o doente crónico se evita os custos e garante o acesso aos cuidados de saúde de que necessitam. É neste sentido que está formulada a proposta que agora avocamos.

Se os senhores deputados querem mesmo melhorar a acessibilidade dos utentes aos cuidados de saúde e dar especial atenção aos doentes crónicos, têm aqui uma excelente oportunidade aprovando a nossa proposta!

Disse.

>
  • Orçamento do Estado 2018
  • Saúde
  • Assembleia da República
  • Intervenções

Partilhar