Sobre os resultados das eleições regionais

Declaração de Carlos Carvalhas 

1. Queremos começar por salientar que em ambas as Regiões Autónomas, apesar da subida da abstenção, a CDU sobe em número de votos e em percentagem, o que traduz um indiscutível acréscimo global da sua influência eleitoral.

Constitui também um resultado muito positivo a reeleição de dois deputados (Edgar Silva e Leonel Nunes) na Madeira e a eleição de mais um deputado nos Açores. Com efeito, nesta Região Autónoma, além da reeleição de Paulo Valadão no círculo das Flores, é de assinalar a eleição no círculo do Faial de José Decq Mota, coordenador regional do PCP, que assim vê de novo reconhecido no plano eleitoral o seu incontestado prestigio na vida política democrática da Região. Pela primeira vez, a CDU passa a dispor de um grupo parlamentar na Assembleia Legislativa Regional dos Açores.

2. Naturalmente que, respeitando os resultados eleitorais, não consideramos um facto positivo a manutenção - embora esperada - da maioria absoluta do PSD na Madeira e também consideramos que uma política de resposta mais decidida aos problemas dos Açores não beneficiará com a maioria absoluta do PS.

3. Saudamos calorosamente todos os candidatos e activistas da CDU na Madeira e nos Açores pelo notável esforço e trabalho que, em condições muito difíceis, desenvolveram nesta campanha eleitoral e pelo importante êxito eleitoral que dessa forma asseguraram.

4. Os resultados positivos hoje obtidos pela CDU nas eleições regionais representam um grande estímulo para o prosseguimento e ampliação da importante contribuição que o PCP e a CDU continuarão a dar na vida política das Regiões Autónomas em defesa das aspirações populares, dos direitos dos trabalhadores e da autonomia regional como conquista democrática ao serviço do progresso, desenvolvimento e justiça social na Madeira e nos Açores.

>
  • Poder Local e Regiões Autónomas
  • Central

Partilhar