Declaração de João Oliveira, Presidente do Grupo Parlamentar

Sobre a nova estrutura accionista do SIRESP

Ver vídeo

''

Em resposta a questões da comunicação social, João Oliveira disse "é bom lembrar que a decisão que o Governo tomou de procurar garantir o controlo accionista por parte do Estado do SIRESP, foi tomada na consequência das tragédias dos incêndios de 2017 e das falhas clamorosas que o SIRESP apresentou" referindo que aquilo que aconteceu agora relativamente à estrutura accionista do SIRESP é "mais um exemplo flagrante do que são os contratos PPP e dos prejuízos que resultam para o Estado, quer da privatização da PT/Altice quer de não terem sido tomadas medidas para controlo por parte do Estado do Grupo Espírito Santo e do Grupo SLN/BPN aquando da dissolução desses dois grupos, o SIRESP estaria hoje nas mãos do Estado".

>
  • Administração Pública
  • Segurança das Populações
  • Assembleia da República
  • Intervenções

Partilhar