Declaração de Ângelo Alves, membro da Comissão Política do Comité Central, Conferência de Imprensa

Sobre a candidatura do Ministro das Finanças, Mário Centeno, a presidente do Eurogrupo

Ver vídeo

''

O PCP considera que a candidatura de Mário Centeno e a sua eventual eleição para presidente do Eurogrupo não altera as opções e critérios que têm prevalecido na política económica e monetária da União Europeia, políticas que são nocivas e prejudiciais ao interesse nacional.

O que é necessário e positivo para Portugal é a ruptura com as imposições e critérios da União Europeia para fazer face aos problemas estruturais que o País está confrontado.

>
  • União Europeia
  • Central
  • Eurogrupo
  • Mário Centeno

Partilhar