Pergunta Escrita à Comissão Europeia de Miguel Viegas no Parlamento Europeu

Prolongamento da detenção administrativa do cidadão francês Salah Hamouri

Salah Hamouri, estava detido em prisão administrativa por seis meses e deveria sair em liberdade no final do mês de Fevereiro. Sucede que, a 28 de Fevereiro o ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman, decretou o prolongamento da detenção administrativa por mais quatro meses.

A razão não foi tornada pública, nem sequer comunicada aos advogados de Salah Hamouri, alegando as autoridades de Israel que o conceito de "detenção administrativa" implica que o dossier seja mantido secreto e inacessível para os advogados de defesa. Em agosto, Salah Hamouri, um advogado com a dupla nacionalidade, francesa e palestina, foi condenado a seis meses de prisão. Não é a primeira vez que este jurista franco-palestino e conhecido ativista, é preso pelas autoridades Israelitas. A esposa de Salah Hamouri, de nacionalidade francesa foi expulsa de Jerusalém quando estava grávida de seis meses, estando neste momento a residir em França e sem permissão para visitar o seu esposo.

Pergunto à Alta Representante com avalia mais esta condenação arbitrária e que medida pensa tomar junto do governo de Israel para libertar este cidadão da União Europeia.

>
  • União Europeia
  • Perguntas
  • Parlamento Europeu

Partilhar