Posições Políticas

«Sim, é possível valorizar a região com um PCP mais forte, organizado, interventivo e influente»

«Sim, é possível valorizar a região com um PCP mais forte, organizado, interventivo e influente»

Camaradas,

Valorizar a Região, como afirmamos no lema desta nossa 9.ª Assembleia, não é possível com a política de direita das últimas décadas, caracterizada pelo ataque aos direitos e rendimentos dos trabalhadores, pelo encerramento, privatização e ou concessão de serviços públicos essenciais às populações, pelo desprezo pela agricultura familiar, pelo desaproveitamento das potencialidades e recursos que a região tem, pela demissão do estado das suas funções sociais, pela extinção de freguesias, pelo agravamento da injustiça fiscal.

Visita de Xi Jinping a Portugal

Visita de Xi Jinping a Portugal

O PCP valoriza a visita do Presidente da República Popular da China, Xi Jinping e sublinha que a defesa do desenvolvimento de relações de amizade, paz e cooperação com todos os povos do mundo é um princípio fundamental da política externa de Portugal que a Constituição da República Portuguesa consagra. O desenvolvimento de tais relações com um País como a República Popular da China é um acontecimento importante que o PCP sauda.

Sobre a especulação a propósito das obras de recuperação do edifício do Centro de Trabalho do PCP na Ajuda

Sobre a especulação a propósito das obras de recuperação do edifício do Centro de Trabalho do PCP na Ajuda

Todos os aspectos decorrentes das obras de recuperação do edifício do Centro de Trabalho do PCP na Ajuda estão a ser considerados em diálogo com a direcção da associação de reformados. É falso que se esteja a promover um processo de despejo. A especulação que está a ser feita só encontra explicação em motivações alheias ao interesse dos reformados.

O PCP passou de arrendatário a proprietário do edifício sito na Rua das Mercês. Face à insolvência do anterior proprietário, o PCP adquiriu o edifício em hasta pública, passando a proprietário do referido prédio.

«Quantos mais votos a CDU tiver mais forte fica a defesa dos interesses do povo da Madeira»

«Quantos mais votos a CDU tiver mais forte fica a defesa dos interesses do povo da Madeira»

Estamos a concluir os trabalhos deste nosso X Congresso regional do PCP.

Um momento importante em si, não separável do amplo trabalho de preparação que nos trouxe até aqui, que convocou cada membro do Partido, cada organismo e organização que dá corpo ao nosso colectivo partidário na região autónoma da Madeira para com a sua opinião, a sua experiência e a sua reflexão contribuir para as conclusões que acabaram de ser aprovadas.

Encerramento do X Congresso Regional do PCP - Madeira

Encerramento do X Congresso Regional do PCP - Madeira

Deste X Congresso sai uma clara afirmação de que é possível um novo rumo para o futuro desta Região, é possível um novo rumo para a Autonomia ao serviço dos trabalhadores e do povo.

Na verdade o sistema autonómico nesta região tem sido instrumentalizado descaradamente em favor dos “senhores disto tudo”, em benefício dos senhores do dinheiro e dos seus interesses.

Ver vídeo
Sobre o Acordo de Saída do Reino Unido da UE

Sobre o Acordo de Saída do Reino Unido da UE

1. A aprovação pelo Conselho Europeu do Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia (UE) e a Declaração Política sobre as futuras relações UE-Reino Unido não significam o fim deste processo, uma vez que o Parlamento Britânico e o Parlamento Europeu terão ainda que se pronunciar.

2. Num quadro ainda incerto quanto ao desfecho do processo, o PCP reafirma quatro premissas centrais da sua análise e posicionamento:

Ver vídeo
Portugal precisa de uma política alternativa capaz de construir um Portugal com futuro

Portugal precisa de uma política alternativa capaz de construir um Portugal com futuro

Camaradas:

Estão a terminar os trabalhos da nossa Conferência «Alternativa patriótica e de esquerda, por um Portugal com futuro». Aqui estiveram em análise a situação do País e os grandes problemas nacionais nos mais diversos domínios e aqui se colocaram e avançaram as soluções para lhes dar resposta.

Luta de massas. Convergência de democratas e patriotas. Papel do PCP e o seu reforço

Luta de massas. Convergência de democratas e patriotas. Papel do PCP e o seu reforço

Camaradas,

A luta dos trabalhadores e do povo e a acção determinada do nosso Partido foram imprescindíveis na derrota do governo PSD/CDS, abrindo portas à nova fase da vida política nacional que repôs e avançou nos direitos e rendimentos, desmontando e derrotando os anseios daqueles que queriam perpetuar a política de desastre e afundamento nacional. Derrotamos também aquela velha e repetida concepção de que as eleições legislativas eram eleições para primeiro ministro e que o PCP não contava para nada.

Soberania Nacional no Sector do Medicamento

Soberania Nacional no Sector do Medicamento

Camaradas,

As questões de soberania e independência nacionais colocam-se também no sector do medicamento, assim como a defesa e a valorização da produção nacional.
O acesso ao medicamento é parte integrante do acesso à saúde. Porém, quando persistem inúmeras dificuldades dos utentes na aquisição dos medicamentos, essenciais no tratamento e na qualidade de vida, está a ser negado o direito à saúde na sua plenitude.

Floresta

Floresta

Camaradas,

As causas mais profundas a contribuir para a violência e a extensão dos Incêndios Rurais, a que assistimos nestes anos, radicam na ruína da Agricultura Familiar e do Mundo Rural e na desvalorização da floresta multifuncional e mesmo da Floresta de produção para a indústria de transformação de madeira com as celuloses à cabeça.

Portanto, uma alternativa patriótica e de esquerda implica outras políticas Agro-rurais e outras políticas Florestais com prioridade para os apoios públicos à Agricultura Familiar.