Posições Políticas

Ver vídeo
Portugal não está condenado à submissão e à dependência!

Portugal não está condenado à submissão e à dependência!

Antes de mais, queria agradecer a vossa presença nesta Sessão Pública evocativa do centésimo sexto aniversário do nascimento de Álvaro Cunhal e que, este ano, realizamos sob o lema “Alternativa Política, Soberania e Independência Nacional”.

Uma evocação que é uma homenagem a essa figura ímpar e referência maior da nossa história contemporânea e de reconhecimento do seu valioso e multifacetado legado de dirigente político experimentado, estadista, ideólogo, ensaísta, homem da cultura que jamais esqueceremos e fonte de saber para os combates de hoje.

A União Europeia e o Euro - constrangimentos e condicionantes da soberania nacional

A União Europeia e o Euro - constrangimentos e condicionantes da soberania nacional

A União Europeia e o Euro constituem poderosos constrangimentos e condicionantes da soberania nacional, que entravam o desenvolvimento e promovem retrocessos nos planos económico, social e político.

As Forças Armadas, o seu mandato constitucional e o seu papel na garantia da Independência Nacional

As Forças Armadas, o seu mandato constitucional e o seu papel na garantia da Independência Nacional

As Forças Armadas são um dos pilares da nossa soberania e, como tal, devem caracterizar-se por um propósito eminentemente defensivo, com capacidade de intervenção rápida em qualquer área do território nacional, nomeadamente ao nível de pessoal, equipamento, armamento e infraestruturas adequados às actividades e missões a executar.

Patriotismo, nacionalismo, soberania

Patriotismo, nacionalismo, soberania

A soberania nacional é uma questão central no pensamento de Álvaro Cunhal e do projecto do PCP, que tem actualidade reforçada perante as ingerências de instituições internacionais, como no passado recente vivemos de forma particularmente brutal com o pacto de agressão e com a intervenção da troika, e face ao projecto federalista, neo-liberal e militarista da União Europeia.

Ver vídeo
«Pelo que temos direito – avançamos com a força da Juventude»

«Pelo que temos direito – avançamos com a força da Juventude»

Recebam da Direcção do nosso Partido, o Partido Comunista Português, as mais fraternas saudações nesta vossa iniciativa.

Libertação de Lula da Silva – uma vitória contra a injustiça

Libertação de Lula da Silva – uma vitória contra a injustiça

O PCP expressa a sua satisfação pela libertação do ex-presidente Lula da Silva, injustamente preso desde Abril de 2018 na sequência de um processo eminentemente político, parte integrante do golpe de Estado institucional que conduziu à destituição da legítima Presidente Dilma Rousseff e ao impedimento de Lula da Silva de concorrer às eleições presidenciais.

Ver vídeo
Visita ao Instituto Português de Oncologia Dr. Francisco Gentil

Visita ao Instituto Português de Oncologia Dr. Francisco Gentil

Na visita realizada para melhor conhecer a realidade e os problemas do IPO com o objectivo de dar mais sustentabilidade às iniciativas legislativas do PCP, Jerónimo de Sousa sublinhou o papel insubstituível do SNS que se deve manter e reforçar.

A propósito da Declaração de Impacte Ambiental da APA: PCP reafirma Campo de Tiro de Alcochete para Novo Aeroporto Internacional como solução

A propósito da Declaração de Impacte Ambiental da APA: PCP reafirma Campo de Tiro de Alcochete para Novo Aeroporto Internacional como solução

1. O conteúdo da Declaração de Impacte Ambiental divulgada ontem pela Agência Portuguesa do Ambiente – APA, dando cobertura a um opção estratégica errada por via da inscrição de umas quantas medidas mitigadoras exigíveis para a viabilização da Base Aérea do Montijo para fins civis, é parte de um processo que, visando beneficiar escandalosamente os interesses da multinacional Vinci, compromete os interesses nacionais e o desenvolvimento do País.

Alteração na composição do Grupo Parlamentar do PCP

Alteração na composição do Grupo Parlamentar do PCP

O quadro político, as perspectivas de evolução da situação nacional e a concretização dos objectivos, projecto e papel do PCP ao serviço dos trabalhadores, do povo e do País, colocam acrescidas exigências ao trabalho de direcção, à intervenção geral do PCP e também ao trabalho do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República, que vão ser respondidas por um menor número de deputados.