Posições Políticas

Insídia e mentira no comando editorial da TVI

Insídia e mentira no comando editorial da TVI

A peça hoje editada, na esteira de anteriores construções de anticomunismo que a TVI e uma suposta jornalista têm derramado para o ecrã, tem um mérito: o de se perceber a operação que, sustentada nas mesmas mentiras e falsificações, percorre o objectivo pré-determinado de atacar os comunistas e o PCP.

Sobre a requisição civil decretada pelo Governo no sector de enfermagem

Sobre a requisição civil decretada pelo Governo no sector de enfermagem

A pedido de vários órgãos de comunicação social:

Os enfermeiros estão sujeitos a um enorme desgaste e tendo sido reposta uma parte dos direitos cortados por sucessivos governos, em particular pelo Governo PSD/CDS, persistem problemas, no reconhecimento das progressões e valorização das carreiras e na falta de profissionais, a que o Governo deve dar resposta efectiva.

O PCP foi e é solidário com a luta dos enfermeiros em torno destas reivindicações que valorizam a sua actividade indispensável à defesa e valorização do Serviço Nacional de Saúde.

Ver vídeo
«É necessária a valorização geral dos salários em Portugal»

«É necessária a valorização geral dos salários em Portugal»

Senhor Primeiro-Ministro,

Acompanhamos as preocupações manifestadas em relação à violência doméstica e queremos também sinalizar a importância da defesa do SNS e do direito à saúde e não a ideologia do negócio na saúde e esperamos que a proposta do Governo para os cuidadores informais não venha atrasar a resposta que é preciso dar com as propostas do PCP que estão em discussão.

A evolução dos salários em Portugal continua aquém do que é necessário e possível.

PCP condena o «reconhecimento» pelo Governo português do auto-proclamado «presidente interino» da Venezuela  nomeado pela Administração Trump

PCP condena o «reconhecimento» pelo Governo português do auto-proclamado «presidente interino» da Venezuela nomeado pela Administração Trump

O PCP condena o «reconhecimento» e apoio anunciado pelo Governo do PS, com o apoio do PSD e CDS, ao «presidente» fantoche nomeado pela Administração Trump para a Venezuela, que contou com o apoio imediato de Bolsonaro, numa intolerável afronta à soberania e independência da República Bolivariana da Venezuela, ao povo venezuelano, à Carta das Nações Unidas e ao Direito Internacional.

«Alternativa patriótica e de esquerda. Soluções para um Portugal com futuro»

Resolução do Encontro

I. Andar para trás não. Avançar é preciso!
Mais força ao PCP e à CDU


A evolução da situação internacional e nacional confronta o País, os trabalhadores e o povo português com a necessidade de tomarem opções decisivas quanto ao seu futuro.

Avançar é possível! É possível levar a luta mais longe, dando mais força à CDU!

Avançar é possível! É possível levar a luta mais longe, dando mais força à CDU!

Estamos a encerrar os trabalhos do nosso Encontro Nacional. Uma produtiva e importante realização do nosso Partido de reflexão, debate, mas também de reafirmação de um amadurecido património há muito consolidado de análise e soluções para um Portugal com futuro.

A União Europeia e as razões acrescidas para o voto na CDU

A União Europeia e as razões acrescidas para o voto na CDU

Camaradas,

A situação que vivemos no nosso país é profundamente influenciada pela sua inserção na União Europeia e na Zona Euro.

A União Europeia, e particularmente o Euro e as imposições que lhe estão associadas, são um sustentáculo e um impulsionador da política de direita levada à prática nas últimas décadas por PS, PSD e CDS.

Apoiantes, ligação às massas e de convergência de democratas e patriotas na perspectiva da alternativa

Apoiantes, ligação às massas e de convergência de democratas e patriotas na perspectiva da alternativa

Camaradas, Amigos convidados,

O ciclo eleitoral de 2019 constitui um exigente processo de intervenção política e organizativa, que reclama uma empenhada mobilização de todo o colectivo partidário. Estas eleições que colocam o País, os trabalhadores e o povo português perante opções muito importantes quanto ao seu futuro, exigem uma abordagem e intervenção integradas que, dando respostas às especificidades de cada uma das eleições, assegure uma acção convergente do conjunto do Partido.

Ofensiva ideológica e ataques ao Partido

Ofensiva ideológica e ataques ao Partido

Camaradas,

Sabemos que o capital não perdoa a força e o papel que o PCP tem no país, e está disposto a tudo para o esconder e denegrir. Seja através de outras forças políticas, pelo silenciamento ou pelo ataque mais descarado.

O PSD, vinculado à agenda e aos interesses dos círculos mais reaccionários do capital monopolista e do directório da União Europeia, apesar das contradições internas, continua a ser o instrumento privilegiado para o aprofundamento da política de direita.

Batalhas eleitorais, jornada de intervenção política e de massas e o reforço do Partido

Batalhas eleitorais, jornada de intervenção política e de massas e o reforço do Partido

Partido de projecto e de luta que tem no plano imediato o objectivo de repor e conquistar direitos, o Partido Comunista Português encontra na luta dos trabalhadores e das massas populares, na acção permanente e coerente do colectivo partidário, na unidade dos democratas e patriotas, os elementos fundamentais para a construção da alternativa patriótica e de esquerda indissociável da luta pela democracia avançada com os valores de Abril no futuro de Portugal, o socialismo e o comunismo.