Posições Políticas

PCP propõe solução para uma Lei de Bases da Saúde que afirme o papel do SNS

PCP propõe solução para uma Lei de Bases da Saúde que afirme o papel do SNS

Na sequência do processo já longo de discussão sobre a Lei de Bases da Saúde (LBS), e fazendo ainda um esforço para que essa discussão seja concluída com a aprovação de uma nova LBS que garanta condições para a melhoria dos cuidados de saúde prestados aos utentes, o PCP enviou hoje ao Governo um novo contributo para que a questão da gestão dos estabelecimentos de saúde possa ser considerada e resolvida de forma adequada.

Ver vídeo
O princípio de que o serviço público deve ser gerido pelo Estado, deve ser garantido

O princípio de que o serviço público deve ser gerido pelo Estado, deve ser garantido

Desde que se iniciou o processo de revisão da Lei de Bases das políticas de Saúde, o PCP tem tido uma intervenção consequente com o objectivo de se poder chegar a um texto final que consagre um conjunto de orientações para a política de saúde, que rompa com o caminho prosseguido por PS, PSD e CDS de desvalorização do Serviço Nacional de Saúde, com o abandono por parte do Estado das suas responsabilidades constitucionais de garantir o acesso à saúde a todos os portugueses independentemente das suas condições económicas e sociais.

«O essencial é criar condições de vida e de trabalho no nosso País»

«O essencial é criar condições de vida e de trabalho no nosso País»

Caros amigos e camaradas,

A todos vós as nossas mais cordiais e fraternas saudações e por vosso intermédio os mais de 200 mil portugueses a viver na Suíça. Uma saudação especial a todos os que se empenharam nas tarefas da realização desta nossa Festa Nacional. Saudação particular a Derya Dursun do Partido Suíço do Trabalho que nos deu a satisfação de aqui estar connosco na nossa Festa.

Os tempos que temos vivido nestes últimos anos têm sido de uma grande exigência para o nosso colectivo partidário.

Ver vídeo
«Emergência nacional do aumento geral dos salários, incluindo do Salário Mínimo Nacional para 850 euros»

«Emergência nacional do aumento geral dos salários, incluindo do Salário Mínimo Nacional para 850 euros»

A todos vós as nossas mais cordiais e fraternas saudações.

Temos vivido tempos de grande exigência que solicitam um empenhamento militante de todo o nosso Partido.

Têm sido muitas e em muitas frentes as batalhas que temos vindo a travar no plano social e no plano institucional para defender os interesses dos trabalhadores e do nosso povo, pelo melhoramento das suas condições de vida, pela reposição completa de direitos extorquidos, por soluções para os problemas que o País enfrenta e que a política de direita de anos e anos de sucessivos governos de PS, PSD e CDS agudizaram.

CDU divulga primeiros Candidatos às Eleições para a Assembleia da República de 2019

CDU divulga primeiros Candidatos às Eleições para a Assembleia da República de 2019

Jerónimo de Sousa, Francisco Lopes, Carla Cruz, Miguel Viegas e Rita Rato vão encabeçar, respectivamente, as listas da Coligação PCP-PEV nos círculos eleitorais de Lisboa, Setúbal, Braga, Aveiro e Europa.

A CDU vai para estas eleições para avançar, para alargar a influência nos círculos eleitorais em que elege e para disputar a eleição de deputados em círculos eleitorais onde não tem elegido deputados.

A apresentação dos candidatos associa-se à preparação e divulgação das linhas essenciais dos programas eleitorais do PCP e do PEV.

Sobre o processo movido contra o PCP por parte de um seu ex-funcionário

Sobre o processo movido contra o PCP por parte de um seu ex-funcionário

A decisão tomada no plano judicial vai ser objecto de recurso pelo PCP.

Uma questão central deve, desde logo, ser colocada: não se está perante a relação de um trabalhador com uma empresa, mas sim da ruptura por parte de um funcionário do Partido com os compromissos assumidos com o Partido e inscritos nos Estatutos que definem a sua natureza e identidade.

Entretanto dois elementos relevam deste processo.

Ver vídeo
O que é preciso é avançar e não andar para trás

O que é preciso é avançar e não andar para trás

[Excerto]

Estamos prontos a travar a próxima batalha eleitoral de 6 de Outubro para a Assembleia da República que precisamos de tomar também já em mãos.

Ver vídeo
Temos e somos um projecto de futuro. Honramos o nosso percurso de 98 anos de intervenção e luta a favor dos trabalhadores, do povo e do País

Temos e somos um projecto de futuro. Honramos o nosso percurso de 98 anos de intervenção e luta a favor dos trabalhadores, do povo e do País

Uma fraterna saudação da direcção do nosso Partido ao grande colectivo partidário que ao longo deste último ano foi capaz, com o empenhamento militante de cada um, de dar resposta às múltiplas exigências que encontrámos pela frente, enfrentando de cara levantada as imensas dificuldades que todos os dias nos são colocadas, no trabalho institucional e na proposta que fazemos, no desenvolvimento da luta de massas, e designadamente no êxito que constituíram as comemorações populares do 45.º Aniversário do 25 de Abril e a grandiosa jornada de luta do 1.º de Maio, promovido pela CGTP-IN, na interven

Comunicado do Comité Central do PCP de 28 de Maio de 2019

Comunicado do Comité Central do PCP de 28 de Maio de 2019

O Comité Central do PCP, reunido a 28 de Maio de 2019, avaliou o trabalho realizado e os resultados das Eleições para o Parlamento Europeu realizadas a 26 de Maio, apreciou a situação nacional e o desenvolvimento da luta e apontou linhas de trabalho para o futuro imediato, em particular para as Eleições Legislativas de 6 de Outubro e a luta pela alternativa.