Posições Políticas

Sistema Público de Segurança Social

Sistema Público de Segurança Social

O direito de todos os portugueses à segurança social, assegurado pelo sistema público, universal e solidário, é sem dúvida uma das mais importantes conquistas de Abril que a política de direita dos vários governos do PS, PSD e CDS nunca potenciou integralmente e foram subvertendo ao longo dos anos. Mas a realidade demonstrou o papel insubstituível do sistema público na protecção dos cidadãos na doença, velhice, invalidez, viuvez e orfandade, bem como no desemprego e em todas as outras situações de falta ou diminuição de meios de subsistência.

Crianças e pais com direitos, Portugal com futuro

Crianças e pais com direitos, Portugal com futuro

A vida real das crianças e das suas famílias não é um tema que esteja na ordem do dia mas é uma questão central para uma alternativa patriótica e de esquerda.

As crianças são o grupo etário em que o risco de pobreza é maior. Esse facto bastaria para acender todas as campainhas: crianças que crescem em contextos de pobreza, não têm o desenvolvimento integral que todas merecem e que um país com futuro precisa.

Alternativa patriótica e de esquerda e a resposta aos direitos e anseios da Juventude

Alternativa patriótica e de esquerda e a resposta aos direitos e anseios da Juventude

Camaradas,

Uma política patriótica e de esquerda, rumo a uma democracia avançada, para a juventude, está intimamente ligada à sua luta contra a ofensiva de que é alvo.

Os brutais ataques à emancipação da juventude, à sua formação enquanto indivíduos integrantes da sociedade, fazem-se sentir numa ofensiva de várias frentes, com o objectivo de destruir a unidade e solidariedade da juventude para ser mais fácil impor as mais variadas formas de exploração.

Os avanços e limites da nova fase da vida política nacional

Os avanços e limites da nova fase da vida política nacional

Camaradas,

Portugal precisa de uma alternativa política e de uma política alternativa, patriótica e de esquerda que dê resposta aos graves problemas nacionais e corresponda aos interesses e direitos dos trabalhadores e do povo.

Quaisquer que sejam as circunstâncias, em momentos de imposição de retrocessos ou de conquista de avanços, é por essa alternativa que lutamos sem darmos os nossos objectivos por alcançados enquanto não o estiverem plenamente e nunca desperdiçando oportunidades de somar novos passos a outros já dados nesse sentido.

Ambiente

Ambiente

Os sucessivos governos têm vindo a avançar com processos desresponsabilização do Estado também na área do ambiente, com incentivo à privatização de importantes áreas com vista à mercantilização da Natureza e dos recursos energéticos, naturais, culturais e paisagísticos nacionais.

Banca e a política alternativa

Banca e a política alternativa

Camaradas,

Da situação do sistema financeiro nacional, muito diagnóstico está realizado pela nossa reflexão colectiva e pelo trabalho do PCP em todos os planos da sua intervenção. Sabemos que o país foi sujeitado a um pacto de submissão e agressão, que o governo de turno PSD/CDS usou o poder político para favorecer em todas as dimensões o poder económico e que, prosseguiu uma opção que já vinha desde o despontar da crise em 2009, que consistia no apoio à banca, sem acautelar minimamente o interesse público.

Soberania Energética

Soberania Energética

O crescimento da procura das diferentes formas de energia final, e, em sequência, das diferentes formas de energia primária, tem sido espectacular, tendo nos últimos 50 anos sido multiplicado sensivelmente por três.

Os direitos das mulheres na lei e na vida

Os direitos das mulheres na lei e na vida

Camaradas,

O PCP tem dado um contributo sem paralelo para o aprofundamento da legislação em defesa dos direitos das mulheres em múltiplos domínios. Mas, para nós, não basta que a lei os consagre, eles têm de fazer parte da vida das mulheres: no trabalho, na família, na vida social, política, cultural e desportiva.

Habitação

Habitação

Política Patriótica e Esquerda, a alternativa que o PCP propõe ao povo português e que responde aos reais problemas do povo e do País.

País, que apesar dos avanços na reposição e conquista de direitos, mantém problemas estruturais, como na questão da habitação.

Habitação, direito constitucional universal cometido ao Estado, mas que o Estado por opção de classe, ao longo de décadas, a ele não tem correspondido, mantendo, apesar de também aqui se registarem avanços, as causas de um problema que subsiste.

O interior do País e a promoção de um efectivo desenvolvimento regional

O interior do País e a promoção de um efectivo desenvolvimento regional

O País tem já uma longa história de caracterização e identificação dos problemas do interior e do mundo rural e simultaneamente de programas para a correcção das assimetrias regionais anunciadas por sucessivos governos do PS, PSD e CDS que ganham sempre maior eco após trágicos acontecimentos como sucedeu após os incêndios de 2017 ou bem recentemente com a derrocada da estrada na zona dos Mármores.

São Propostas e programas anunciados com intenções nunca concretizadas, tendo como contrapartida bem viva os efeitos da política de direita: