Posições Políticas

Ver vídeo
«Portugal continua a padecer de problemas estruturais profundos»

«Portugal continua a padecer de problemas estruturais profundos»

Uma forte saudação a todos os presentes e por vosso intermédio aos trabalhadores e ao povo desta cidade de Faro que nos acolhe e de toda Região do Algarve.

Estando aqui no Algarve e no momento em que o nosso Partido vem assinalando o centenário do seu nascimento, permitam que aqui evoque, antes de mais, a figura desse revolucionário de corpo inteiro que foi José Vitoriano, esse algarvio de Silves que muitos de nós conheceram e com ele lutaram, e aproveite para aqui e na presença dos seus camaradas conterrâneos que muito o estimavam lhe prestemos, mais uma vez, a nossa justa homenagem.

Ver vídeo
Sobre o Estatuto da Agricultura Familiar

Sobre o Estatuto da Agricultura Familiar

A agricultura familiar assume uma importância estratégica para a produção nacional, para a qualidade e para a soberania alimentar, para a ocupação harmoniosa do território, para a defesa do meio ambiente, da floresta e do mundo rural, para a coesão económica e social em vastas regiões. Mesmo que como complemento de outras actividades principais, a agricultura familiar valoriza o trabalho produtivo e reprodutivo das explorações em bens e serviços, significando um importante complemento do rendimento de milhares de famílias.

Comunicado do Comité Central do PCP de 20 e 21 Janeiro de 2018

Comunicado do Comité Central do PCP de 20 e 21 Janeiro de 2018

O Comité Central do PCP, reunido a 20 e 21 de Janeiro, procedeu à análise da evolução da situação política, económica e social nacional e de aspectos da situação internacional, apontou o desenvolvimento da luta de massas e definiu as grandes linhas de intervenção, de iniciativa política e de reforço do Partido.

Sobre o reforço do Partido. Por um PCP mais forte e mais influente

Sobre o reforço do Partido. Por um PCP mais forte e mais influente

I

O PCP assume os seus objectivos e projecto com confiança nas suas forças, na classe operária, nos trabalhadores e no povo, num quadro em que o futuro se apresenta com perigos e potencialidades. Alvo de ataque sistemático, calúnia, discriminação, silenciamento, o PCP assume a sua identidade comunista, o seu projecto de transformação da sociedade.

Ver vídeo
O desenvolvimento do interior exige uma política patriótica e de esquerda que assuma a defesa da produção nacional

O desenvolvimento do interior exige uma política patriótica e de esquerda que assuma a defesa da produção nacional

Uma forte saudação a todos os presentes e por vosso intermédio ao povo de Moimenta da Beira e de toda esta Região. A esse povo destas “Terras do Demo” de que nos falava Aquilino Ribeiro e que hoje continua a sua labuta e a sua luta para se libertar de “ todos os grilhões” aos quais o quiseram e pretendem amarrar, e que o nosso ilustre escritor tão bem soube descrever na sua obra literária.

Ver vídeo
«A Cooperativa de Moimenta da Beira é um exemplo que é possível aumentar a produção nacional»

«A Cooperativa de Moimenta da Beira é um exemplo que é possível aumentar a produção nacional»

Na vista à Cooperativa Agrícola do Távora, em Moimenta da Beira, Jerónimo de Sousa destacou a importância da produção nacional afirmando que "é preciso confiar na produção nacional, no nosso aparelho produtivo, para combater a desertificação do interior e permitir o desenvolvimento económico do nosso país".

Ver vídeo
Solidariedade com os trabalhadores da Têxtil Gramax Internacional

Solidariedade com os trabalhadores da Têxtil Gramax Internacional

Uma delegação do PCP que contou com a presença de Jerónimo de Sousa esteve com os trabalhadores em vigília da Têxtil Gramax Internacional (antiga Triumph) demonstrando a solidariedade activa do PCP com a sua luta em defesa dos postos de trabalho.

Sobre o Pacto para a Justiça

Sobre o Pacto para a Justiça

1 - O PCP considera positivo o consenso alcançado pelas associações representativas das profissões forenses com vista ao denominado pacto para a justiça.

Longe de um outro Pacto da Justiça, de má memória, assinado em 2006 por PS e PSD, e de que não resultaram melhorias, ao contrário, para os cidadãos em geral, o actual processo reveste-se de diferente natureza, ao reunir os representantes da justiça para debater conjuntamente os problemas e encontrar e propor as respostas necessárias.

Ver vídeo
«É na luta dos trabalhadores e do povo que reside a condição decisiva para prosseguir no caminho da defesa, reposição e conquista de direitos»

«É na luta dos trabalhadores e do povo que reside a condição decisiva para prosseguir no caminho da defesa, reposição e conquista de direitos»

Votos de um bom ano de 2018 para todos vós e para a nossa luta!

Acabamos de entrar no novo ano e isso significa que estamos já na segunda metade da legislatura que se iniciou em Outubro de 2015 e que permitiu inaugurar uma nova fase da vida política nacional.