Intervenção de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral, Jantar CDU

Peniche conhece a obra realizada pela CDU e a proximidade às populações

Peniche conhece a obra realizada pela CDU e a proximidade às populações

Aqui, em Peniche, bem se conhece, por experiência própria, a obra realizada pela CDU, a proximidade às populações, a atenção dada aos seus problemas.

A intervenção e o trabalho que foram desenvolvidos no concelho de Peniche mostram que a CDU vale a pena. Nestes doze anos de gestão CDU Peniche está claramente melhor. Com a CDU, a sua dinâmica e a aposta que fez na diversificação da actividade económica concelhia e orientada para as pessoas, com o investimento feito e o trabalho realizado em várias dimensões da economia do mar, assistimos em Peniche a um progressivo desenvolvimento económico, que se traduziu na criação de mais emprego nos últimos anos, para níveis superiores aos da sua envolvente regional.

Peniche com a CDU, o seu trabalho e a sua intervenção, projectou-se no País e no estrangeiro para níveis nunca antes atingidos, afirmou-se como um destino atrativo no turismo de lazer e desportivo. Este tem aqui em Peniche e no surf uma expressão e um impacto que pode ser ignorado, pela capacidade também de atracção que revela, na captação de interessantes fluxos com impacto na vida económica da região.

A CDU honrou os compromissos assumidos com o povo do concelho de Peniche e confirmar e reforçar as posições da CDU em 1 de Outubro próximo é a garantia de ver prosseguido o trabalho, a capacidade de realização, a atenção aos problemas e aspirações das populações.

Sim, está nas mãos da população do concelho não deixar que Peniche volte para trás, Sim, está nas suas mãos, reforçando a CDU, caminhar em frente!

(...)

Um caminho que para prosseguir precisa de uma CDU reforçada, porque quanto mais força tiverem os partidos que compõem a CDU mais peso tem a luta pela reposição e conquista de direitos e rendimentos, mais condições temos para fazer o País avançar e melhorar as condições de vida dos portugueses.

Mais força à CDU para ampliar o apoio à infância e à juventude, com alargamento do abono de família nos seus montantes e universo de atribuição, e a ampliação da gratuitidade dos manuais escolares ao segundo e terceiro ciclos.

A gratuitidade dos manuais escolares para todos os alunos do 1.º ciclo do ensino básico é uma medida de grande alcance. Pelo que significa de afirmação da natureza pública, gratuita e universal do ensino.

Temos agora de assegurar que a medida abranja a escolaridade obrigatória. É com esta visão de uma escola dirigida à formação integral dos cidadãos que nos batemos.

É essa visão que está presente no projecto autárquico da CDU, como é exemplo o trabalho realizado neste concelho de Peniche: no cuidado posto e no investimento realizado nos equipamentos escolares da sua responsabilidade; no esforço realizado para dar uma resposta adequada e ampla no serviço de refeições escolares. Registe-se que se quando a CDU assumiu os destinos do concelho eram servidas 72 mil refeições, neste último mandato o número de refeições escolares servidas foi de 450 mil; no investimento feito em 5 jardins-de-infância, incluindo construção nova; na intervenção que realizou em 13 jardins e parques infantis; na linha de apoio às associações na promoção do desporto infantil; no apoio dado aos estudantes do concelho com bolsas de estudo.

Nesta batalha, pela ampliação do apoio à infância e à juventude, valorizamos muito os avanços conseguidos, com a nossa iniciativa e a nossa contribuição, no apoio às crianças com o aumento do abono de família.

Resultado da luta dos trabalhadores, e da insistência e proposta do PCP no Orçamento do Estado para 2017, foi aprovada a reposição do 4.º escalão do abono de família até aos 36 meses, bem como o estabelecimento de aumentos progressivos dos montantes a atribuir.

Assim, em Janeiro entraram em vigor os novos montantes do abono de família até aos 3 anos, que vieram a ser pagos a partir de Abril com retroactivos. Em Julho realizou-se novo aumento, e em 2018 essa trajectória de aumento prosseguirá, até que o montante pago até aos 36 meses iguale o valor pago até aos 12 meses – ou seja, até se atingir o valor de 146 euros no 1.º escalão, de 120 euros no 2.º escalão, e de 95 euros no 3.º escalão.

É um caminho positivo. Mas é necessário e possível ir mais longe e aprofundar este caminho de valorização do abono de família, na sua abrangência e montantes.

Assegurar a reposição integral do 4.º e a recuperação do 5.º escalão e garantir o aumento do seu valor para as crianças com idade superior a três anos.

Um apoio que tem de estar articulado com a garantia de acesso à rede pública do pré-escolar a todas as crianças a partir dos três anos de idade, e que não pode ser desligado da luta por uma rede pública de creches. Um apoio dirigido às crianças e que constitui também um factor de elevação das condições de vida e um incentivo à natalidade, mas que significa, sobretudo, uma política de Estado centrada na infância e no desenvolvimento feliz e harmonioso das crianças e jovens.

Que ninguém tenha dúvidas, quanto mais força tiver a CDU, mais condições tem para fazer o País avançar e resolver os muitos problemas que enfrenta, em resultado de anos e anos de política de direita e de recuperação e reconstituição dos grupos monopolistas com consequências nefastas na vida do País.

>
  • Educação e Ciência
  • Poder Local e Regiões Autónomas
  • Central
  • CDU
  • Eleições Autárquicas 2017
  • Peniche

Partilhar