Votode Pesar

Pelo falecimento de Augusto Pólvora

Augusto Manuel Carapinha Pólvora, Presidente da Câmara Municipal de Sesimbra, faleceu no passado dia 2 de julho, aos 57 anos, vítima de doença prolongada.

Nasceu e viveu em Sesimbra, sempre profundamente ligado à vida do seu concelho. Foi um lutador pelo progresso e desenvolvimento da região de Setúbal e do concelho de Sesimbra.

Firme e combativo, dedicou a sua vida à luta pela democracia, pela liberdade e pelo socialismo.

Militante do Partido Comunista Português desde muito jovem. Integrava a Comissão Concelhia de Sesimbra e a Direcção da organização Regional de Setúbal do PCP.

Arquitecto de profissão, estudou na Checoslováquia tendo-se licenciado com média final de 19 valores e distinção, e recebido o Prémio do Reitor da Universidade Técnica Eslovaca de Bratislava. Foi coautor de diversos estudos, planos e projectos na área do urbanismo e arquitectura.

Foi vereador pela CDU na Câmara Municipal de Sesimbra no mandato de 1989 a 1993 e de 1997 até 2005, e Presidente da Câmara Municipal de Sesimbra desde 2005. Foi candidato à Assembleia da República nas eleições legislativas de 1995.

Foi Administrador Delegado da Associação de Municípios do Distrito de Setúbal (AMRS) entre 1994 e 2002.

Foi coordenador da Comissão Executiva do PEDEPES – Plano Estratégico de Desenvolvimento da Península de Setúbal; Presidente da Mesa da Assembleia Intermunicipal da AMRS; membro do Conselho da Cultura da ANMP- Associação Nacional de Municípios Portugueses (Secção do Património Arquitectónico e Arqueológico), da Comissão Executiva da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e vogal do Conselho Directivo do Parque Natural da Arrábida enquanto representante das Câmaras Municipais de Setúbal, Palmela e Sesimbra.

A Assembleia da República, reunida em Sessão Plenária, expressa o seu pesar pelo falecimento de Augusto Pólvora e endereça à sua família e ao PCP as suas condolências.

Assembleia da República, 5 de julho de 2017

>
  • PCP
  • Assembleia da República
  • Votos

Partilhar