PCP solidário com o Partido Comunista Sudanês

PCP solidário com o Partido Comunista Sudanês

O PCP «denuncia e condena firmemente» a detenção pelas autoridades sudanesas de vários membros do Partido Comunista Sudanês (PCS), nomeadamente do seu Comité Central, incluindo de Ali Said e de Fathi Alfadl, membros do Bureau Político do PCS, assim como o cerco por forças militares e policiais à sede do PCS.

As centenas de detenções de activistas verificadas inserem-se na vaga repressiva com que o governo sudanês procura sufocar a onda de manifestações populares que, desde Dezembro passado, se têm realizado contra o aumento do preço de bens essenciais e outras políticas anti-sociais.

Numa mensagem de solidariedade enviada ao PCS, o PCP «reafirma a sua solidariedade para com o PCS, assim como para com a luta dos trabalhadores e o povo sudanês pelos seus legítimos direitos e aspirações, pela paz, a democracia e o progresso social».

>
  • Paz e Solidariedade

Partilhar