Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

PCP dirige carta de protesto ao Conselho Económico e Social

O PCP dirigiu uma carta de protesto ao Presidente do Conselho Económico e Social (CES) pela exclusão dos deputados do PCP no Parlamento Europeu (PE) no painel de debate «Orçamento da União para o pós-2020: que impactos para Portugal?», inserido na Conferência «O futuro da UE: Orçamento da União e Portugal» organizada por aquele Conselho, no próximo dia 9 de Fevereiro, no Centro Cultural de Belém.

O PCP considera tão mais inexplicável e inaceitável esta exclusão quanto tem três deputados no Parlamento Europeu, que integram o Grupo Confederal Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Verde Nórdica, assumindo um deles – o deputado Miguel Viegas – a coordenação deste Grupo parlamentar na Comissão dos Assuntos Económicos e Monetários do Parlamento Europeu.

Na carta dirigida a António Correia de Campos, o PCP expressa o seu veemente protesto por tal exclusão, esperando que tal situação seja corrigida, permitindo a participação e o contributo dos deputados do PCP no PE num debate sobre uma matéria que consideram ter importantes implicações para Portugal.

>
  • Central

Partilhar