Nota do Secretariado do Comité Central do PCP

O PCP e o agravamento da situação na Palestina

O mundo foi confrontado nas últimas horas com o desencadear de uma acção criminosa de grande envergadura de Israel dirigida contra o povo palestiniano. Os ataques em território palestiniano, com a destruição de infra-estruturas civis, a prisão de dirigentes e representantes palestinianos, incluindo do Governo, acompanhadas pelo recrudescimento das ameaças à Síria e a grosseira violação do seu espaço aéreo, constituem um intolerável acto de terrorismo de Estado, evidenciando uma perigosa escalada da agressividade israelita de contornos inéditos.

Perante estes acontecimentos, o PCP:

- expressa a sua mais firme repulsa face a tão criminosos actos e confirma a sua solidariedade à OLP e ao povo palestiniano;

- exige do Governo Português a clara condenação da agressão de Israel e a sua intervenção diplomática para que lhe seja posto imediato termo;

- considera que a presente situação exige da UE uma condenação inequívoca de Israel e a ruptura da sua vergonhosa aliança com os EUA, o principal responsável pela dramática situação humanitária na Palestina e a tensão explosiva no Médio Oriente;

- reitera uma vez mais o direito inalienável do povo palestiniano ao seu próprio Estado independente e exige a retirada de Israel dos territórios ocupados e a aplicação das inúmeras resoluções das Nações Unidas que Israel e o imperialismo sistematicamente desrespeitam.

>
  • Soberania, Política Externa e Defesa
  • Central
  • Declarações e Comunicados do PCP

Partilhar