Intervenção de João Ferreira no Parlamento Europeu

Situação na Venezuela

No tempo dos factos alternativos, eis os factos reais que a maioria deste Parlamento teima em esconder.

Entre 1999 e 2016, o desemprego caiu na Venezuela mais de dez pontos percentuais. No final de 2015 a Venezuela tinha um desemprego mais baixo do que a União Europeia ou o Canadá.

Os níveis de pobreza e a pobreza extrema caíram significativamente e de forma mais acentuada do que a média da América Latina.

Diminuiu significativamente o número de famílias com necessidades básicas por satisfazer.

A Venezuela subiu vários lugares no Índice de Desenvolvimento Humano das Nações Unidas.

Os indicadores de desigualdade social diminuíram.

Segundo a FAO – organização das Nações Unidas para a Alimentação – a Venezuela reduziu a subnutrição infantil e é hoje um país livre de fome.

O número de inscritos no ensino universitário mais do que triplicou.

Esta é a realidade que faz alguns destilarem raiva e ódio sobre a Venezuela. E apoiarem sem reservas e sem vergonha o boicote, a violência e a desestabilização económica, social e política.

>
  • União Europeia
  • Intervenções
  • Parlamento Europeu

Partilhar