Intervenção de Débora Santos, Comissão Política da Direcção Nacional da JCP, Comíco da 35ª Festa do Avante!

"o jovem comunista não terá idade"

Viva A Festa do Avante!

Feita da alegria e da força daqueles que lutam, que erguem esta maravilha, este momento de liberdade, convívio e determinação. Construímos a Festa como queremos construir a vida do nosso país, com e para o povo!

Saudamos os militantes da JCP e os muitos amigos, que com dedicação e criatividade, divulgaram e construíram a Festa, dando-lhe corpo e fazendo centenas de recrutamentos e contactos para a JCP.

Uma saudação especial a estes novos camaradas pois são eles que nos dão confiança redobrada para continuar com toda a força a reforçar a nossa organização e intensificar a luta da juventude portuguesa.

Luta da juventude, do movimento juvenil, do movimento estudantil, que de forma corajosa e determinada, foi travada nas escolas do ensino básico, secundário, profissional e superior. A batalha contra a privatização e elitização da escola.

Saudamos todas e cada uma das lutas, desde as concretas em cada escola, até à grande jornada do 24 de Março – Dia do Estudante.

Lutas que nos dão confiança para afirmar que o novo ano lectivo começará em luta pelas escola de Abril, que conquistámos e não queremos ver destruída.

A Educação é um direito, não é um negócio, como pretendem os sucessivos governos da política de direita.

Apelamos daqui da Atalaia, da Festa do Avante!, da Festa da Juventude, para que os estudantes intervenham nas suas escolas, nas faculdades e nas ruas, contra o crime que está em curso.

Pública e Gratuita é a escola a que temos direito. É por ela que vamos lutar!

Camaradas e amigos,

As novas gerações de trabalhadores querem trabalho, querem emprego, exigem direitos!

Basta de desemprego! Não aceitamos que 27% estejam desempregados, na sua maioria sem qualquer tipo de protecção social.

Basta de Precariedade! Que atinge mais de 1 milhão e 200 mil trabalhadores, muitos com horários de trabalho completamente desregulados, com um salário que é tão curto que muitos jovens se vêem obrigados a ter mais que um emprego.

Temos direito ao trabalho com direitos. A Inter Jovem pode contar com a JCP, para que nas acções do dia 16 sejamos muitos, muitos mais, a tomar nas nossas mãos os destinos das nossas vidas.

Basta de desemprego e precariedade; de aumentos das taxas de juro; de ataques ao Porta 65; de cortes nos salários. Chega do aumento do custo de vida. Levaremos a luta tão longe quanto necessário. Não deixaremos que ponham fim aos nossos sonhos, porque somos nós que construímos a nossa vida!

Querem que aceitemos que não vale a penas lutar, que agora a culpa é do vizinho que fez um empréstimo, do imigrante que cá está, do colega que recebe subsídio – Não nos enganam! Sabemos de quem é a culpa, conhecemos quem são os responsáveis. É o sistema capitalista que nos condena o presente e nos rouba o futuro, são os seus lacaios, são os que têm feito a política de direita, que nos mentem e tentam iludir.

A juventude portuguesa tem que ter cada vez mais consciência que o acordo com a troika foi assinado pelo PS, pelo PSD e pelo CDS.

Com toda a confiança e determinação, por mais difícil que seja o futuro, a vitória é nossa! E é com a luta organizada que iremos mudar o rumo desta política.

Camaradas,

No próximo mês de Novembro receberemos em Lisboa jovens de todo o mundo, que lutam no seu país para combater o imperialismo, por melhores condições de vida para o seu povo, contra as atrocidades deste sistema. Receber a Assembleia da Federação Mundial da Juventude Democrática, no seguimento do sucesso que foi o 17º Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes, na África do Sul, enche-nos de alegria e orgulho pois valoriza o trabalho que a JCP tem desenvolvido na Presidência da Federação Mundial, nas lutas travadas pela juventude em todo o mundo.

Receberemos com amizade e de braços abertos jovens, companheiros e camaradas de mais de 100 países.

Reafirmamos a nossa solidariedade com a juventude que luta e resiste por todo o mundo, como no Chipre, em Cuba, na Palestina e no Sahara Ocidental!

No 90º aniversário do nosso Partido, orgulhamo-nos do que somos e da grande responsabilidade que temos. Somos a Juventude do Partido Comunista Português. Saímos desta Festa do Avante! com mais força e determinação. Com a luta podemos construir uma política patriótica e de esquerda, a única que serve os interesses da juventude.

A Juventude luta, resiste, e toma Partido!

Temos a certeza que

Enquanto existirem jovens irreverentes e conscientes

Enquanto pulsar no seu corpo, a justiça, a igualdade, a liberdade

Enquanto nos levantarmos contra a exploração

Haverá uma força unida

Haverá resistência e projecto

Haverá uma juventude organizada

Haverá sempre JCP!

Na escola, no trabalho

Com a JCP, com o PCP, com a juventude e o povo

Nascerá, o socialismo!

Dia e noite, pedra a pedra, faremos da juventude o Homem Novo!

O Portugal feliz será gritado num só jorro!

E o jovem comunista não terá idade,

É filho da Liberdade!

Viva a 35º Festa do Avante!
Viva a Juventude Comunista Portuguesa!
Viva o Partido Comunista Português!

>
  • Assuntos e Sectores Sociais
  • Trabalhadores
  • Central

Partilhar