Partido Comunista Português
O SPE ao serviço de quem? Nota da Direcção da Organização na Emigração do PCP
Quarta, 18 Julho 2001

Em Junho realizaram-se eleições para a direcção do Sindicato dos Professores no Estrangeiro (SPE). Nada mais natural: concorreram duas listas, uma delas ganhou e vai dirigir o destino daquele que tem sido o mais importante e representativo sindicato dos professores portugueses no estrangeiro.

Mas eis que somos surpreendidos com a notícia do jornal "contacto", do dia 29.06.2001, publicado no Luxemburgo, onde se afirma, com base num comunicado a que o jornal teve acesso, que a Direcção agora eleita irá continuar a orientação de "colaboração e bom entendimento com as autoridades de tutela deste sector de Ensino, podendo a lista vencedora orgulhar-se de ter como número dois o senhor Adjunto da Coordenação do Ensino do Luxemburgo".

O mesmo jornal acrescenta ainda, qualificando como um sinal de "modernidade" que conta ainda com presença de "docentes responsáveis das Federações do Partido Socialista em França e no Benelux". No mesmo comunicado, segundo o jornal, esta é a via que "permitirá contribuir para a resolução dos vários problemas que afectam os docentes"

A notícia fecha com esta afirmação transcrita do referido comunicado: "Esperamos poder continuar a merecer a confiança da classe, pois só assim será possível prosseguir, fora de qualquer espírito de afrontamento e de luta, com o entusiasmo necessário para o sucesso das nossas reivindicações".

É quase desnecessário qualquer comentário. No entanto, não terá sido com estas premissas que a actual direcção apresentou a sua candidatura aos sócios, deixando antever uma relação de total promiscuidade com as chefias e o ministério, ao mesmo tempo que desde já declara que abandona a luta pela defesa dos interesses dos professores que tão mal tratados tem sido pelos Governos do PS. Sim! É bom recordar que este é já o segundo Governo do PS, que por lá já passaram 3 ministros da Educação e que brevemente o PS somará 6 anos no Governo.

Os professores saberão, por certo, tirar as devidas conclusões e ilações.