Por melhores salários, mais direitos e conciliação da vida pessoal e laboral

Jerónimo de Sousa contacta com trabalhadores da Huber Tricot

Jerónimo de Sousa contacta com trabalhadores da Huber Tricot

No âmbito da campanha «Mais direitos, mais futuro. Não à precariedade», Jerónimo de Sousa esteve hoje junto às instalações da Huber Tricot, fábrica de vestuário em Santa Maria da Feira.

Nesta iniciativa começou por ter a palavra Conceição Pais, trabalhadora da fábrica, que de forma emotiva relatou as condições de trabalho daquele local. Os baixos salários, a pressão sobre os trabalhadores para cumprir os prazos das encomendas a todo o custo, a acumulação de horas extraordinárias em quantidades que chegam à casa das centenas, tudo são factores de esmagamento dos trabalhadores que têm conduzido a inúmeras situações de baixas médicas por razões tanto físicas como psicológicas. Nas palavras da própria, “é indescritível o que aqui se passa na fábrica”.

Seguiu-se o Secretário-Geral que, saudando as várias dezenas de trabalhadoras que ouviam as suas palavras de vários pontos da fábrica (da porta às janelas do refeitório), enfatizou a importância de uma verdadeira ruptura com as políticas de direita como elemento decisivo para alcançar a vida melhor a que todos os trabalhadores aspiram e têm direito.

Jerónimo enfatizou que o patronato procura – como sempre procurou –, através da caducidade do contrato colectivo que tenta forçar, pôr em causa direitos fundamentais dos trabalhadores, agravando a sua exploração para maximizar os lucros. Acrescentou ainda que “sendo certo que hoje se abriu uma janela de esperança, com a reversão de algumas políticas feitas pelo Governo anterior, é nas mãos dos trabalhadores, na sua luta, que está o factor determinante para consumar essa ruptura”.

Aplaudido pelas trabalhadoras e pelos populares que entretanto se juntaram junto das instalações da fábrica, Jerónimo exortou os trabalhadores a prosseguirem a luta com a afirmação “Não esqueçam que é vosso o papel fundamental.”

>
  • Trabalhadores
  • Central
  • precariedade laboral

Partilhar