Internacional

A situação na União Soviética

1. Os gravíssimos acontecimentos e profundas alterações verificadas na URSS a partir do dia 19 de Agosto têm de ser considerados, para completa compreensão do seu significado, importância e consequências:

A Guerra do Golfo, o Mundo e nós

A Humanidade tem no momento actual fundados motivos para se preocupar seriamente com o «dia seguinte».

Ofensiva condenável

1. O PCP condena firmemente a ofensiva militar desencadeada na madrugada de hoje pelos EUA e seus aliados quando estavam finalmente reunidas condições para um cessar-fogo e prosseguiam negociações para a retirada das tropas iraquianas do Koweit.

2. Tal ofensiva toma os EUA claramente responsáveis pelo prosseguimento da guerra e suas catastróficas consequências.

Lutar por um cessar-fogo imediato

A perspectiva surgida, na semana passada, da viabilidade de uma solução política que afastasse a escalada da guerra e, seguidamente, a ofensiva dos EUA e seus aliados, que recusaram as condições da proposta de paz da URSS, aceites pelo Iraque, foi comentada imediatamente pelo Secretariado do CC do PCP, que emitiu na altura as seguintes notas:

Comunicado Comité Central do PCP de 1 de Fevereiro de 1991

Com o PCP para a alternativa

Excerto da nota da Comissão Política do CC do PCP «Contra a guerra no Golfo, por uma solução política negociada, Batalha contra o Pacote Laboral pode ser ganha através da luta!»

Na sua reunião de hoje, dia 28 de Janeiro, a Comissão Política do CC do PCP procedeu à análise da evolução da guerra do Golfo, a questões da situação social e política nacional, designadamente a questão do Pacote Laborai e aprovou a seguinte nota.

Declarações de Álvaro Cunhal ao «Avante!» de 18 de Janeiro de 1991

Em declarações ao «Avante!» o Secretário- Geral do PCP, Álvaro Cunhal, afirmou:

Sobre o desencadeamento da guerra

1.O Comité Central do Partido Comunista Português ontem reunido aprovou uma resolução alertando o povo português para o perigoso agravamento da crise do Golfo, a iminência de guerra e a necessidade de tudo fazer para a impedir.

2.O PCP, que desde o primeiro momento defendeu uma solução pacífica negociada do conflito, condena firmemente o desencadeamento da guerra conduzida pelos EUA.

Comunicado do Comité Central do PCP de 16 de Janeiro de 1991

1. O desenvolvimento da crise do Golfo coloca hoje a Humanidade perante a iminência de uma guerra de proporções e consequências incalculáveis.

Alertando o povo português para a extraordinária gravidade da situação. O CC do PCP salienta uma vez mais que a guerra não é inevitável, que é imperioso abrir caminho a uma situação pacífica negociada do conflito.

Sobre a agudização da crise do Golfo

1. A Comissão Política do PCP alerta o povo português para o momento particularmente grave da vida internacional decorrente da agudização da crise do Golfo que coloca a Humanidade perante a ameaça crescente de uma guerra de proporções e consequências incalculáveis.