Anti-clockwise
Terça, 24 Julho 2007

 

anticlockwise

 

Os Anti-Clockwise começaram em 1996 como um projecto paralelo às bandas que Pedro Coelho (Mata-Ratos), João Brr (Dogue Dócil) e Rui Killito (Jack & Os Estripadores) tinham na altura. "Fazer a música que gostávamos e que não víamos ninguém a fazer - Rock Puro sem ligações a subgéneros - era o objectivo". O início da banda foi muito despreocupado, pois, todos tocavam nas outras bandas. Ninguém sabia se ia durar ou não e de um momento para o outro já tinham um concerto marcado (o que fez com que se arranjasse o nome à pressa) e uma maquete gravada. Dois anos depois já todos tinham largado as outras bandas e Anti-Clockwise avançou. Por esta altura (1998) Hugo substitui Rui na Bateria.

Em 1999 editam o primeiro CD "My TV World", que não é mais que uma colecção de "Demos" que a banda tinha feito até essa altura. Até 2003, altura em que editam o segundo álbum "If You Want It... Come And GetIt" os Anti-Clockwise tocam por todo o país, assim como Espanha e Inglaterra.

Partilham palcos com os Dead Kennedys, The Humpers, Gluecifer, Los Perros entre outras e participam na longa-metragem luso-francesa "Sans Elle". Participam também em duas compilações da editora Inglesa Changes One, na Rock Sound Portuguesa entre outras. Em 2004 convidam um amigo de longa data, Mr. Pica (ex-Sacred Sin, ex-Trinta e Um) para segunda guitarra e nesse mesmo ano tocam no palco 25 de Abril da Festa do Avante! Mais concertos em Portugal, uma tour Portugal/Galiza (Pinhal Novo, Lalin, Ferrol, Bueu, Porto, Santiago de Compostela) juntamente com os Samesugas e uma ida às Astúrias (Oviedo e Gijon) com os Dog Fight.

Entre Dezembro de 2005 e Fevereiro de 2006 gravam no estúdio Crossover o terceiro álbum de originais "No One To Follow". Ao contrário dos anteriores que foram editados pela própria editora do grupo a "Drop The Bomb Records", a banda parte à procura de uma editora que lhes possa dar mais projecção e a escolha acaba por recair na «Som Livre» sendo o CD editado em Fevereiro de 2007.

Antes disso, em Janeiro os Anti-Clockwise tocam pela primeira vez em Madrid na mítica sala Gruta 77. Em Fevereiro participam na comemoração dos 30 anos do Punk juntamente com os Ingleses UK Subs e The Vibrators um concerto na Incrível Almadense. A banda vai passar o ano de 2007a tocar por todo o país na promoção ao álbum "No One To Follow" e para o final do ano e princípios do próximo está programada uma tour que vai passar por Espanha, Holanda, UK e Escandinávia.

O novo CD "No One To Follow" (Fevereiro 2007 - Som Livre)

Gravado no Crossover Studio em Linda-A-Velha por Sarrufo (Trinta e Um, Peste & Sida entre outros), produzido por Pedro Coelho e João Oliveira com a preciosa ajuda de Sarrufo e masterizado por Bravo entre Dezembro 2005 e Fevereiro 2006.

Formação

Pedro Coelho: Voz + Guitarra

João Brr: V. Baixo + Voz

Hugo: Bateria + Coros

Mr. Pica: Guitarra + Coros

Discografia:

"Anti-Clockwise"

Demo CD (Edição de autor 1996)

"Give Me"

EP/CD (Edição de autor 1998)

"My TV World"

CD (Edição de autor 1999)

"Waiting For The Chaos"

CD Single (DTB Recs 2001)

"If You Want It... Come And Get It"

CD (DTB Recs 2003)

"No One To Follow"

CD (Som Livre 2007)

Compilações

"Chaos Em Portugal"

(Fast'n'Loud 1997) - PT

"Promusica"

(Promusica Abril 98) - PT

"Promusica"

(Promusica Dezembro 98) - PT

"Flies On Toast"

(Flies On Toast 2002) - UK

"If They Come For Us

Just Keep Playing"

(Changes One 2002) -

UK

"Rock Sound"

(Rock Sound 2003) - PT

"April EP"

(Changes One 2003) - UK



"Delfins Not Dead"

(2004) - PT

www.anti-clockwise.net

www.myspace.com/bandanticlockwise