Metro: falta de trabalhadores, desinvestimento, subfinanciamento, opções erradas, especulação imobiliária

Na sequência de uma reunião com as ORT do Metropolitano de Lisboa, o PCP tornou pública uma nota de imprensa sobre a situação na empresa onde contesta  o processo da venda dos terrenos de Sete Rios, volta a denunciar a falta de trabalhadores e o facto do governo ter voltado a violar a palavra dada não se tendo concretizada as entradas sucessivamente anunciadas, aponta para a necessidade de combater a opção de desviar o dinheiro para uma errada Linha Circular.
Ler Nota de Imprensa em PDF