Nota do Gabinete de Imprensa do PCP

Esclarecimento do PCP acerca das notícias sobre o aumento de salários dos trabalhadores da Administração Pública

O aumento de salários dos trabalhadores da Administração Pública tem sido uma reivindicação dos trabalhadores e uma exigência do PCP.

O PCP tem-se batido pelo aumento dos salários afirmando que os quatro anos da actual legislatura não se deviam somar aos anteriores cinco de congelamento a que estiveram sujeitos, o que seria socialmente injusto e politicamente inaceitável.

Os trabalhadores e os seus sindicatos e o PCP persistiram na luta pela sua concretização, e o Governo, que sempre tinha recusado essa possibilidade, admite agora abertura para um aumento dos salários em 2019.

Um aumento que, para o PCP, deve abranger todos os trabalhadores visando a recuperação do poder de compra.

A notícia de que o aumento dos salários na Administração Pública está a ser negociado no âmbito do exame comum do Orçamento do Estado exige um esclarecimento e uma correcção. Uma questão é estar a intervir no sentido de alcançar avanços, objectivo de que o PCP não prescinde; outra, distinta, é estar a negociar substituindo os sindicatos.

O PCP bate-se em todos os planos da sua intervenção pelo aumento dos salários. No entanto, o aumento dos salários e a sua expressão concreta é do âmbito da negociação com os sindicatos.

A perspectiva agora aberta avançará tanto quanto a luta dos trabalhadores o determinar.

O PCP reafirma a sua solidariedade e apoio aos objectivos de luta e reivindicações expressas pela Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública e à sua luta, designadamente à acção de 26 de Outubro.

>
  • Administração Pública
  • Trabalhadores
  • Central
  • Trabalhadores Administração Pública

Partilhar