Debate fraterno e valioso

Debate fraterno e valioso

O debate preparatório do XX Congresso do PCP, a entrar na sua fase derradeira, está a ser marcado por um vasto número de reuniões, plenários e sessões públicas, tendo chegado nota de algumas destas iniciativas à redacção do Avante!.

No dia 29, realizou-se na sede de uma prestigiada instituição do Porto, a UNICEPE, um debate público sobre «Riscos, Desafios e Respostas para o SNS», organizado pelo subsector dos médicos do Sector Intelectual do Porto do PCP, no qual participaram o membro da Comissão Política Jorge Pires e a deputada Carla Cruz. A discussão, enriquecida com as opiniões e experiência de profissionais e utentes do SNS presentes na sessão, centrou-se na ofensiva privatizadora em curso e nos riscos existentes de descaracterização e desmantelamento do Serviço Nacional de Saúde. Dias antes, em Vila Nova de Foz Coa, o PCP promovera uma sessão pública sobre o direito à cultura, consagrado na Constituição da República Portuguesa, na qual esteve presente a deputada Ana Mesquita. Esta iniciativa inseriu-se num ciclo de debates sobre diversas questões, enquadradas na preparação do XX Congresso do Partido.

Em Espinho, teve lugar no dia 28, no Centro de Trabalho, um plenário no qual se discutiu as Teses e se elegeu os delegados da organização concelhia. O documento foi apresentado por Tiago Vieira, membro do Comité Central. No debate muitos militantes sublinharam as suas preocupações com os desenvolvimentos da situação internacional, assim como realçaram a complexidade dos tempos que se vivem em Portugal. Foi ainda realçado o carácter estratégico da luta de massas e do seu desenvolvimento.

Com a participação de Eduardo Vieira do Comité Central, realizou-se no dia 5 o plenário de militantes da Comissão de Freguesia do PCP do Laranjeiro, em Almada, que discutiu as Teses e elegeu os delegados ao Congresso. Na freguesia lisboeta da Ajuda teve lugar, dia 30 de Outubro, um almoço em que participaram perto de 30 pessoas e no qual o dirigente regional do Partido Jaime Rocha destacou aspectos relacionados com a situação política e a preparação do Congresso.

Fora do âmbito estrito do Congresso, mas de certa forma relacionadas com ele, tiveram lugar recentemente diversas assembleias de organizações partidárias, nas quais se analisou a realidade local, se traçou linhas de orientação para a intervenção do Partido e se elegeu os organismos dirigentes. No dia 6, em São Pedro da Cova (Gondomar) realizou-se a 11.ª assembleia, na qual foi salientado o esforço realizado pela organização na sua preparação, procurando superar dificuldades e dar resposta às exigências do quadro político actual e ao necessário reforço do Partido. As eleições autárquicas do próximo ano merecerão o envolvimento de todo o colectivo partidário, de modo a garantir que a CDU mantém a maioria na União de Freguesias de Fânzeres e São Pedro da Cova. A assembleia foi encerrada por Cristiano Castro, do executivo da DORP e responsável pela Organização Concelhia de Gondomar.

Dois dias antes reuniu-se a 6.ª Assembleia da Organização de Freguesia da Castanheira do Ribatejo, em Vila Franca de Xira. Fez-se o balanço da intervenção recente e perspectivou-se as medidas de acção para o reforço orgânico do Partido e de intervenção junto da população e dos trabalhadores.

Há umas semanas teve lugar no Auditório José Labaredas, em Coruche, a 7.ª Assembleia da Organização Concelhia do PCP, na qual participou Octávio Augusto, da Comissão Política.

Publicado no Jornal Avante!

>
  • XX Congresso do PCP

Partilhar