Pergunta Escrita à Vice-Presidente / Alta Representante de Miguel Viegas no Parlamento Europeu

Crise humanitária no Iémen, na cidade de Hodeida

As Nações Unidas alertam que centenas de milhares de civis correm perigo de vida caso as forças da Arábia Saudita que intervém no Iémen intensifiquem o assédio à cidade de Hodeida.

A advertência da coordenadora das missões da ONU no país, surge no momento em que os militares sauditas preparam o assalto à cidade portuária, principal porta de entrada de ajuda de emergência no território. As agências das Nações Unidas temem que até 250 mil pessoas possam perder tudo - até mesmo as suas vidas.

Há uma semana, o Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) deu ordens de evacuação de todo o seu contingente no Iémen, considerando não estarem reunidas as condições mínimas para permanecer. A decisão deixa ainda mais vulneráveis os cerca de 22 milhões de seres humanos que dependem em absoluto da alimentação e assistência médica e sanitária oferecida por diversas ONG.

Pergunto à alta representante como avalia esta situação e que medidas pensa tomar para evitar mais uma eminente catástrofe humanitária.

>
  • União Europeia
  • Perguntas
  • Parlamento Europeu

Partilhar